domingo, 17 de abril de 2011

E o que o Pablo tem?

Lendo os comentários dos posts anteriores vi o recadinho da Amanda me pedindo pra esclarecer quais os reais problemas que o Pablo tem. Engraçado que pra mim estava tudo muito claro, mas relendo alguns tópicos vi que nem sempre deixei explícito o diagnóstico dele. Então resolvi criar o post de hoje com esse propósito, quem sabe alguma mãe na mesma situação pode se juntar a mim e me ajudar ou, até mesmo, se aconselhar.
Vamos lá:
O que o Pablo tem afinal? Ele tem paralisia cerebral (PC) severa.
O que isso significa? Para os médicos não tem o mesmo significado que pra mim, por isso vou tentar colocar um pouco da opinião de cada um.
Ele é uma criança ativa, que responde muito bem a estímulos. Quando brincamos ele sorri, emite gritinhos pra chamar a atenção, pega brinquedinhos leves e coloca na boquinha... Na verdade ele só consegue pegar objetos com a mão direita pq o lado esquerdo é mais comprometido. Ele olha tudo a sua volta, ou seja, não é cego (embora não tenhamos certeza do quanto ele encherga). Escuta quando chamamos pelo nome. Se damos bronca faz beicinho (não chora, somente quando sente uma dor muito forte). Tem uma certa dificuldade de piscar o olhinho direito e preciso pingar colírio pra não ressecar.
As áreas mais afetadas são o controle de tronco e cabeça, ou seja, ele não senta nem sustenta a cabecinha. Me perguntam sempre se isso é algo transitório ou permanente e eu, sinceramente, respondo NÃO SEI. É claro que existe a possibilidade, mas o quadro dele é bem grave e pode ser que ele nunca alcance essa façanha. Jamais vou cobrar isso dele e digo sempre que mamãe vai amá-lo de qualquer jeito. Ele faz fisioterapia muito mais pela questão postural (melhor qualidade de vida), pra que não fique torto e endurecido. As pessoas de fora cobram muito mais dele nessa questão do que eu.
Todos os dias eu digo a ele que não se preocupe com isso porque eu já sei que ele sempre dará seu máximo. Eu já sou feliz do jeitinho q ele é e andar, pra mim, é um detalhe muito pequeno que não me fará admirá-lo nem mais nem menos.
O quadro respiratório dele também é complicado. Ele tem displasia pulmonar e é hiper secretivo. O que é isso?
Na verdade ele produz mais secreção q o normal e, como não tem deglutição (por causa da paralisia cerebral, única e exclusivamente, pois não possui nada físico q o impeça de engolir) ele tosse com muita frequencia, está sempre salivando e engasga com facilidade. O uso da gastrostomia é uma segurança pra ele. Assim corremos menos riscos de broncoaspiração e, consequentemente, pneumonia. As vezes ele fica um pouco pior (resfriado, por exemplo) e preciso aspirá-lo com um aparelho portátil e uma sondinha de traqueostomia. Eu mesma faço isso em casa mesmo (não é coisa frequente pq o Pablo se vira bem com sua secreção. Ele é o único PC que conheço que consegue cuspir!).
O cérebro dele aparece nas ressonância com a maior parte tomada pelo líquor, devido a hidrocefalia. Acredito q ele só tenha uns 30% de massa cerebral (Sim, eu sei: Meu filho é um milagre!). Por isso sei q Pablito está ótimo e a medicina ainda se perde pra explicar como ele pode estar tão bem.
Por que tudo isso aconteceu com ele? Na verdade foi uma série de eventos que levaram ao quadro de paralisia cerebral. Eu brinco que o Pablo se cercou de todas as formas possíveis pra ser um serzinho especial. Tudo corroborou pra isso.
Ele nasceu prematuro, de gestação quadrigemelar, peso abaixo de 1kg, com má formação de estômago e intestino, teve sangramento intracraniano com 2 dias de nascido, adquiriu (devido ao sangramento) hidrocefalia, contraiu meningite (bactéria hospitalar) e precisou fazer muitas e muitas cirurgias. Sim, ele é muito forte! Digo que ele não pertence a esse mundo.
Hoje descobrimos um foco de hidrocefalia no 4° ventrículo (q é responsável por áreas vitais) e, possivelmente ele terá q fazer mais essa cirurgia. Como já disse é a mais delicada de todas q ele fez, mas eu confio tanto, mas tanto nele q sei q dará tudo certo.
Eu tenho a minha fé, embora não coloque aqui explicitamente qual minha religião (pq sei q Deus independe de qualquer uma). Eu acredito do fundo do meu coração que meu filho não é desse mundo. Ele está aqui pra me ensinar e só está nesse corpinho aparentemente frágil pq me ama demais e se permitiu passar tudo isso por mim. As pessoas precisam entender q somos muito mais q a parte visível e q ninguém de fato é o que é. Apenas estamos como estamos e um dia veremos como nosso mundo é muito maior q isso.
Não tenham pena do meu filho (eu mesma não tenho pena dele)! Saibam ver toda beleza por trás da carne. Isso vale pra qualquer um, seja deficiente ou não.
Uma vez me perguntaram se ele vai viver muitos anos... Na verdade eu não penso nisso. Aprendi a viver 1 dia de cada vez. Ninguém sabe o seu tempo nessa vida e nem se dá conta disso, pq com ele seria diferente?
E fica aí a pergunta: Tem como não ser apaixonada por ele? Conseguem entender pq fazemos qualquer coisa por ele?
Ah, e tudo q está escrito acima é só um pequeno resumo.
Abraços!

42 comentários:

Andreia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mamae dos Gemeos! disse...

Me emocionei..... É linda sua historia de amor por este pequeno..... Eu que nao conheço vcs pessoalmente, sou apaixonada por ele.... tenho muita vontade de abraça-lo.... ele é lindo.... e muito abençoado por ter essa familia linda ao lado dele.... Peço a Deus que continue iluminando a todos vcs... e que o Pablinho sempre traga mutas alegrias.... e sempre supere qualquer dificuldade.... Beijinhos Fiquem com Deus....

Andreia disse...

Quando descobri que a Manu tinha atresia de duodeno, vc prontamente me passou sua experiência e com isso eu soube exatamente o que fazer e como fazer, pois sabia o que ia acontecer, lembrava sempre dos seus relatos. Hoje aquela fase Graças a Deus já passou e embora ela hoje tenha 1 e 5 meses, e nada do tal problema apareça, exceto uma pequena cicatriz no abdômen, parece já ter passado uma eternidade daquela fase difícil e desconhecida.
Lá na UTI, fiz muitas amizades verdadeiras, hoje, perdemos uma dos nossos bebes, o Miguel, ficou 11 meses na UTI e 7 meses em casa, com respiradores e outros aparatos...
Portanto, quando estou angustiada e me sentindo perdida com qualquer assunto, passo por aqui, para pegar um pouquinho da sua força que é imensa.
Que Deus continue lhe cercando de bençaos e força para cuidar desses fofos e principalmente do guerreiro Pablo.
Fiquem com Deus!
P/ minha amiga Andreia - O MIguel está no colo do Papai do céu, ele sabe que seu amor não tinha dimensão. Um beijo!

princesinha disse...

vc é maravilhosa!! que mãe...ele não poderia ser filho de mais ninguém!!é não tem como não amar o pablinho!!bjs

Cláudia disse...

Acompanho seu blog a alguns meses, e a cada dia que passa fico mais honrada de poder fazer isso, você é um exemplo de mãe e de pessoa.
Uma lutadora, alias uma vencedora.
Que Deus continue dando forças a você a ao Pablo.

Micheli Emilly disse...

O Pablo tem olhar mais doce q nunca vi nem parecido!
Vc é minha inspiração de Mãe... não sei como consegues fazer tanta coisa!! Mãe... Mulher... estudar... casa... marido... roupas... Jesus!!
Sei q vc faz o melhor q pode e conhece!!
Adiro vc e seu marido!!
Parabéns pela maravilhosa mães q és!!

Flávia disse...

Muito lindo isso que você escreveu sobre o Pablo.
Realmente ele é um vencedor!!!!

selma pereira disse...

Que lindo Beri...com certeza ele é uma benção e um exemplo pra todo mundo que o conhece pessoalmente ou pelo blog.

Não sabemos o dia de amanhã nem de nós mesmos, ninguém pode garantir que estará vivo ou não manhã, por isso temos que viver sim um dia de cada vez aproveitando o máximo a companhia do que amamos, por isso hoje se chama "presente".

Bjs.
Selma

Ana Carolina disse...

Lindo Robertha, e como ele tem te ensinado. Veio para te ajudar, viu? É seu antigo companheiro e esse reencontro é muito importante. Vc aceitar tudo isso é ótimo.
Deus sabe de todas as coisas que nós nem sempre conseguimos entender.
Essa nossa passagem pela terra é sim, muito passageira. Não levamos nada e como tem gente que vive como se fosse levar tudo no cachão, né? Os valores, a vida eterna é outra.
Beijos em todos.

Adriana disse...

Seu post é digno de um post de MÃE, com um M maiúsculo bem grandão. De um amor inexplicável que emociona qualquer um.
Você tem um GRANDE presente de Deus, parabéns!

Mon Maternité disse...

Robetha.
É com muita felicidade que escrevo um comentário em seu blog. Primeiramente é um prazer conhecê-la (mesmo que virtualmente), chamo-me Marcella, sou de Curitiba e há pouco mais de três meses entrei no mundo da "blogosfera materna". A cada blog que entro, busco o máximo de blogs e há algum tempo sigo e seu e era uma das pessoas que não entendia direito o que seu príncipe guerreiro tinha direito, hoje eu entendi, aprendi, compreendi e admirei toda a sua história (a do Pablo, a sua e da sua família). Tenho certeza que não deve ser nenhum pouquinho fácil, porque você tem que ter um cuidado especial com ele e ainda mais três anjos!
Você é uma "mãe maravilha", daquelas que poderiam fazer gibis, histórias em quadrinhos, filme e seria pouco! A gente se emociona demais com sua história mas não fica com aquele sentimento de pena, pelo contrário, dá uma força que deve sair do seu coração e deixa a gente com vontade de batalhar, lutar e querer ser feliz dia após dia. Sou sua fã!
Que benção de família! Minha colaboração é minha oração, para que Deus opere o milagre diário na vida do Pablo, porque ele É o milagre. Qual a idade dele!?

Eu digo que estou aqui, para o que precisar. Sempre. Conte com uma amiga!

Fica na paz de Cristo!
Beijos,
Marcella

www.monmaternite.blogspot.com

Lene disse...

EXTRAORDINARIAMENTE LINDOOOOOOOO...
Como sempre o grande guerreiro.. eu não conhecia a fundo a historia do Pablo, mais isso só me deixou mais APAIXONADA por ele...parabens Roberta pelo grande filho que tem.
Bjussssssssssssss

sissi disse...

me emocionei com a historia de "amor" e superação do Pablo! oque importa a nós mães é viver cada dia e momentos com nossos filhos, independente da saúde deles! que Deus continue lhe abençoando e fortalecendo a vida de voces! muita saúde ao Pablo que Deus ilumine os médicos e a todos que cuidam dele! um abraço a voce, ao papai e a tropinha sissi

Avozinha disse...

Lindo, o resumo! Ao mesmo tempo, cheio de objectividade, emoção, rigor e esperança! Que Deus continue a cuidar do Pablinho! (E de toda a família!)

S. Mari disse...

Eu queria comentar algo, mas sinceramente não sei o que falar.. ele é um anjo, um guerreiro. Acredito que todo mundo na Terra tem sua missão e a do Pablo, com certeza, é ensinar muitas pessoas. Mesmo não o conhecendo, ele me ensinou tanto, a ser mais humana, a crer mais em Deus.. ele é um amor, mesmo, eu sou apaixonada por ele!
E parabéns por vc ser tão dedicada.. o problema dele é grave mesmo, mas ele mesmo faz ver que nada é impossível pra Deus.
OBS: adorei essa resposta de 'viver um dia de cada vez', como podem perguntar 'quanto tempo ele tem de vida'?? Sério que perguntam? eu to chocada!
beijos e sucesso

Rose Araujo disse...

"Ele está aqui pra me ensinar e só está nesse corpinho aparentemente frágil pq me ama demais e se permitiu passar tudo isso por mim. As pessoas precisam entender q somos muito mais q a parte visível e q ninguém de fato é o que é. Apenas estamos como estamos e um dia veremos como nosso mundo é muito maior q isso..."
Você disse TUDO! Que lindo! Estou arrepiada com seu post...

Tania disse...

Que lindas palavras!Vc é uma mãe maravilhosa!

Maria Clara disse...

Oi! Que lindo, é bom saber que tem pessoas passando pelo mesmo que a gente. PArte do que li define meu José (da uma passadinha no blog). Cada dia de uma vez, e a cada resposta que eles nos dao, uma alegria imensa que não cabe no peito. Dá trabalho, mas acho que eles devem pensar assim: "Força mãe, é pro seu bem!!" rsrsrs Que
Deus nos abençoe com saúde e sabedoria para cuidar de nossos lindos, e que abençoe eles com paciência para cuidarem de nós!! :D "quando Deus manda um milagre, não se deve perguntar o porquê" bjs!

Sara e Martim disse...

O Pablo é um autêntico guerreiro.
O meu filho, o Martim, também tem PC+ Hidrocefalia, por isso sei um pouco daquilo que fala. Também ele foi um guerreito quando nasceu.
É como diz...viver um dia de cada vez.
Beijinhos

fernanda disse...

Hj mais uma vez me emocionei com a sua história. Vc tem um filho especial, guerreiro e lindo que faz parte da minha vida tb (rs), pq todos os dias eu entro aqui para saber notícias dele. Mais uma vez vamos rezar e torcer para que tudo de certo nessa próxima cirurgia, tenho certeza que seu filho vai te trazer muitas alegrias nessa vida.
Um grande bj

Lisiane Mellegari Fotógrafa disse...

Nem tem muito o que dizer... te dou os parabéns por voce ter esta consciencia de tudo e da vida. O Pablo sabe disso e por isso te escolheu como mãe.
Força e muito amor...

Maria Paula disse...

Sem palavras!!Pablo é um guerreiro e vc uma Mãe mais que especial!!!! Lindo seu post!!!!! Impossível não se emocionar!!!!bjs
Maria Paula

Lih disse...

Agora entendi melhor..realmente ele é guerreiro. Eu entendi tudo o que você disse, sou Espírita e penso exatamente como você, sei que por tras desse corpo frágil existe um Espírito avançado e bondoso.

Beijos, fiquem com Deus.

Fotos Kids disse...

O Pablo é maravilhoso e na minha opinião também não é desse mundo! Ele veio p/ você não apenas para lhe ensinar algo, como vc mesma disse, mas veio porque com vc ele tem tudo o que ele precisa, amor, simplesmente o amor de uma mãe e tudo oque ele pode fazer!
Beijos!

Rosana trimãe disse...

Olá Beri.
Todos os dias antes de dormir e depois de acordar, peço a Deus que continue iluminando seus passos, porque se o Pablo é tão guerreiro tenho certeza que é porque tem pais maravilhosos para inspira-lo.
Bjus

Amanda disse...

Obrigada Robertha por se dar ao trabalho de esclarecer (ja com tantos afazerem em casa)sobre a saúde do Pablinho... agora consigo entender melhor...
Ele é uma bênção de menino e um lutador valente.
Que vc possa diariamente ver a mão de Jesus sobre o Pablo que é um milagre mesmo de criança... todos os dias um novo milagre.
E que o Senhor te guie para os melhores tratamentos e médicos para que o Pablo possa ter a melhor qualidade de vida possível.
Deus os abençoe
Beijos
Amanda

Helaine disse...

oi...sempre acompanho seu blog,mais nunca comentei,primeiro parabens,pelo pablo,ser tão especial,por vc ter esta garra.efim por tudo,eu sou mãe de gemeos prematuro de 30 semanas...enfim,aquela coisa ne? uti,baixo peso,e varios probleminha....mais hoje graças a Deus estao firmes e fortes.
Bom quanto ao pablo,tenho uma irma...com paralisia celebral,mais depois escrevo outro dep,falando sobre ela,os problemas...etc.
grande beijo e parabens pela linda familia.

Rubyane disse...

Linda a forma como vc contou a história, consegui sentir todo seu amor e admiração q vc tem por seu filhão...
Aprendi q tudo que passamos nesta vida é para nosso crescimento espiritual e o Pablo é a prova de que Deus sabe de todas as coisas e que cada um de nós tem uma missão aqui.

Bjos a todos os seus bebês e fiquem com Deus.

Grilinha disse...

Beri, eu sou mãe de um menino de 6 anos que nasceu com paralisia cerebral em condições diferentes do seu Pablo. Muitas vezes e disseram que estes meninos sabem escolher as mães deles, porque são pessoas especiais. Nunca achei essa frase um grande conforto, porque eu sempre desejei o melhor para o meu filho e o que mais queria é que ele deixasse de ser especial.
6 anos depois tenho a sabedoria para perceber o que me diziam...e de facto tenho a reconhecer que quase todas as mães de meninos especiais, são elas mesmo MUITO ESPECIAIS. O destino faz-se em cada dia. E eu acredito que os nossos filhos (especiais ou não) trazem-nos muitas surpresas escondidas. Há que estar confiante. Acredita em Deus e acredita no futuro.
Um beijo com admiração. Helena

Joana disse...

Querida Robertha,

O Pablo com certeza é muito forte, ama viver e sabe o quanto é amado e aceito por vocês. Isso faz muita diferença. Ele parece ser muito esperto e inteligente, e mesmo com tantos desafios tem se superado e vai se superar muito mais. Mas como vc menciona, independente de qualquer habilidade, o mais importante é que seja feliz, e isso ele já é desde pequenino. Assim como minha princesa Vitória, o tempo deles é diferente e qualquer comparação com outras crianças não faz sentido algum. Eles são únicos e muito, muito preciosos. Parabéns, que Deus abençoe sua linda família. Vocês são uma inspiração. Beijos

Ana Paula disse...

Vc é melhor mãe que eu conheço!! De coração!! Sou mãe de um filho de 2 anos!! Mas não tenho 1 milésimo da força que vc tem!! Parabéns!! Deus escolheu vc para sera a mãe dele pq vc, assim com ele, é extremamente especial.. vc deu uma lição de amor... parabéns!!beijos e fiquem com Deus.

Gabriela Rosa disse...

Nossa, fiquei emocionada com o relato e confesso q pra mim Pablito é uma mistura de anjo com guerreiro sabe? E acho q vcs aprenderam mto mais com ele do q com qquer outra pessoa...

Q vcs continuem assim, vivendo um dia de cada vez e com essa sensibilidade a ponto de contagiar a gente aqui do outro lado!

Q Deus abençoe mais e mais essa linda família!

bjs

Roberta e Leonardo disse...

Eu estou chorando aki .... que história mais linda!!!!!!!

Parabéns por ser uma pessoa tão adorável .... Pablinho ñ está nessa vida à toa não .... sinta-se orgulhosa por ele ter escolhido vc para ser a mãe dele!!!!!

Muitos Bjos e conte cmg p/ o que precisar!!!!! ;)

Ale sonhando disse...

Beri,
conheci você (uma pena que tenha sido apenas no mundo virtual) lá no e-family. Eu estava tentando engravidar e você também. Você engravidou antes de mim. Eu engravidei de gêmeos e sempre entrava no teu blog, mostrava pra minha mãe e pro meu marido seu barrigão e pensava: nossa, carregar dois bebês na barriga já é maravilhoso e difícil, imagino como ela se sente carregando os quatro. Tenho acompanhado sua história, sem fazer comentários e me emociono sempre com seus relatos, com o desenvolvimetno dos 4 pequenos.
Claro que seus 4 bebês são especiais, porque especial é ser criança, ser filho, ser amado. O Pablo, então, põe especial nisso. Eu também tenho um filho especial, diagnosticado com autismo. Eu sei que não importa que dificuldade eles tenham, importa o tamanho do amor. Não há como amar um filho mais do que o outro, mas esses danadinhos especiais nos emocionam de uma maneira singular. Não digo mais, mas de forma peculiar.
Eu sempre digo que é a forma mais generosa de Deus, nos fazer evoluir pelo amor. Vivendo o agora, cada conquista sendo uma vitória de final de copa do mundo.. ora copa do mundo, tudo perde o valor. Mas acho que é uma referência para gente tentar explicar como nos sentimos em cada vitória dessas pessoinhas que movem um mundo para nos provar que nos amam e como movemos o que for preciso pelo amor por eles.
Querida, muita força na sua luta. já vi que você passou por maus bocados nesse blog, recebendo mensagens ridículas, mas, vendo as mensagens nesse blog, acho que você recebe muito mais energia positiva e amor em forma de comentários.
Um beijo na linda família.

Amália disse...

Beri,
olha eu não te conheço, nem tenho filhos, não comento muito mas tô sempre por aqui acompanhando. Eu gosto de ler sobre o Pablo para ter força. Eu acho ele um vencedor e o máximo! Venho para seguir o exemplo dele de luta. Com certeza ele é um presente de Deus para vc

Mirys + Guigo + Nina disse...

Ro:

"ninguém sabe seu tempo nessa vida"... Verdade, verdade, verdade!

No ano passado, fiz uma grande festa de aniversário para o meu marido, aproveitando a festa do meu filho, no tema futebol (ambos super são-paulinos). Ele achou exagero. Eu achei super certo... afinal, só se faz 35 anos uma vez na vida!

Mal sabia eu que seria o último aniversário dele... ninguém realmente sabe seu tempo nessa vida...

Conheci seu blog pelo "Londres com Filhos", da Ly, que eu adoro! Vou pensar num jeitinho de ajudar vocês!

Bjos e bençãos.
Mirys

PS: aproveito pra te convidar para o mamarazzi week! Quem sabe, assim, a gente não divulga o seu quarteto e consegue mais ajuda?
http://diariodos3mosqueteiros.blogspot.com/2011/04/mamarazzi-week-preparem-se-diario-da.html

Renata disse...

Roberta, eu acompanho sua história desde o fórum, e sua explicação sobre o Pablo me emocionou. Dia desses fui em Juiz de Fora, passei pela rua que vcs moram e disse ao meu marido 'Aqui mora a minha amiga mãe dos quadrigêmeos'. Vc pode pensar, 'como assim, amiga?' já que vc nem me conhece, mas sempre que leio sua história com as crianças sinto que vc faz parte da minha vida, com sua força e amor aos seus filhos. Que Deus a proteja e abençoe para que vc continue sendo essa mulher forte, guerreira e muito amada. Sua força é um grande exemplo pra mim. Dê muitos beijos nessas bochechas lindas dos seus filhos.

Renata disse...

Querida Beri, acompanho sempre tua história, teu blog, e a evolução desses pitocos. Teus filhos são lindos! Pablito é guerreiro e digo,..guerreiro de luz, que certamente veio com uma missão muito especial. Eu vou te dizer que acho que é muito difícil passar por tudo o que vocês passam,... vocês e o Pablo, mas não tenho pena,... tenho admiração por vocês superarem essas dificuldades e por ele,...meu Deus, ser tão forte, tão corajoso! Ele é teimoso! Ele é milagre, mesmo! Sim, porque está aí para enfrentar esses problemas e mostrar que essa paralisia não o paralisa não,... sob aspectos físicos sim,.... mas ele está aí, forte! Estou aqui torcendo para que ele melhore da pneumonia e se recupere, como sempre fez! E espero que você continue assim (imagina, olha eu aqui dizendo que espero,...)... mas amor de mãe é assim mesmo! Uma fortaleza. Um feliz dia das mães para você! Beijão, Re

Mamãe disse...

Robertha, me emocionei mais uma vez lendo seu blog. Pessoas como você são raras, viu? Admiro sua força e creio que só os sábios sabem o momento de ser forte e o momento de ser frágil. Hj mesmo escrevi para você dizendo que mãe tem direito de ser frágil... Sua franqueza é linda. Sabe dividir conosco os momentos de dificuldade, de dor, de alegrias, sempre de uma forma otimista. Estou tentando ter um filho e a acompanho já a bastante tempo. Meu bebê ainda não chegou, mas estou sentindo que este mês ele vem... Espero poder ser para ele metade do que vc é para a sua tropinha. Gostaria muito de ajuda-la de alguma maneira, como me sinto ajudada por você. Você dá muita força e é um exemplo de mãe. Parabéns! Precisando de qualquer coisa, escreva. Vou tentar participar das suas rifas também. Sua família está sempre em minhas orações. Que Deus a abençoe.

Camila disse...

Parabens pelas palavras!! Tenho uma filha especial e sei que muitas vezes é mais dificil ficar dando explicações aos outros do que cuidar de nossos pequenos especiais. Pra gente eles são assim e pronto... isso é o normal... pra diminuir o stress pratico yoga regularmente... fica ai uma boa dica! a gente relaxa e ainda reabastece as energias... beijo grande!

Daniela disse...

Do nada encontrei seu blog e estou muito emocionada com seu depoimento.
Acredito que crianças especiais so chegam para pais especiais.
Estarei aqui sempre acompanhando seu blog e pode contar com mais uma pessoa na torcida por Pablo.

Mãe de Caio e Chllöe! disse...

Linda, vc e sua familia.

Quem está online

Barrigas!!!