quarta-feira, 10 de março de 2010

Nova decoração



Agora q meus pequenos estão mais crescidos resolvi fazer uma decoração menos bebezinho. Encomendei de uma amiga esses enfeites e coloquei na porta dos quartinhos. Eles amaram!
Essa semana está meio complicada pra mim por conta de alguns problemas pessoais. Estou preocupada pq acho q estou ficando cada vez mais neurótica: Não confio meus bebês a ninguém. Não tenho coragem de colocá-los em uma creche e estou me sentindo "refém" da minha tia q me ajuda com eles. Isso pq só deixo os pequenos se for com ela e isso acaba me deixando dependente. Não vejo essa situação como algo legal, me angustia e me dá um certo medo.
Ela já disse algumas vezes q estava cansada e tal. Mesmo entendendo ela eu não consigo deixar de sentir um certo medo da situação. Se eu não tivesse q levar o Pablo todos os dias as terapias eu ficava com os 4 numa boa, mas quem vai me deixar tranquila de sair com ele deixando os outros 3 pra trás?
Penso q minha responsabilidade com eles é maior por serem 4.
Isso as vezes me consome...

15 comentários:

disse...

AI querida, é complicado mesmo. Mas olha tem escolinhas excelentes viu, o meu vai desde os 4 meses e nao me arrependo, nao tenho nada a reclamar.
Seria uma boa opçao pros 3 irem 1/2 periodo,, mas penso tbm que $$ nada baixo viu.
bjos e amei a decoraçao

Marcia disse...

Oi Beri querida! Entendo seu sentimento e imagino que situação dificil. Eu aqui só com o meu menino, também não o deixaria com nenhuma baba, familia não tenho mesmo. Agora, uma alternativa, talvez seja a escolinha mesmo amiga, vc já fez uma pesquisa na sua cidade? Eles vão ter que ir mais cedo ou mais tarde né? Talvez seja melhor pois lá é um local onde sempre haverão pessoas pra cuidar deles e ninguém vai reclamar de cansaço...:o). Beijinhos!!!!

Geovanna disse...

Ai Beri... lindo os enfeites... e combina certinho com eles né... cada bonequinho lembra um...
Muito fofo, parabens!

Lali disse...

Beri querida,
te entendo perfeitamente. Isso q vc sente é perfeitamente normal. Veja que eu tive a mesma coisa com o meu primeiro filho. Como tive dois abortos anteriores, passei uma gravidez muito nervosa, como acho que possa ter sido o seu caso, por conta se serem 4. Daí ficamos sempre em alerta, mesmo depois q os bbs nascem, achando q pode acontecer algo com eles. E ficamos com uma sensação de onipotência, de que só nós somos capazes. A simples idéia de voltar ao trabalho me dava calafrios. Tanto que, qdo retornei, com 6 meses do Edu, não consegui me adaptar e passei a trabalhar em casa. Mas o primeiro dia que a babá - super de confiança - foi pegá-lo, eu fiquei me sentindo péssima!!!! Já com o João, meu segundo, foi beeeeem tranquilo, ele ficou com a babá, e com 8 meses foi p/ a creche. Pra ele foi ótimo, que tinha bem mais jogo de cintura que o irmão, além de adorar a escolinha, enquanto o Edu, que só entrou com quase 3 anos, sofreu muito na adaptação. Sei que parece impossível, mas experimente delegar um pouco, que vc vai se sentir tranquila, qdo perceber que eles sobrevivem, muito bem, por sinal...rs

Greice disse...

Beri, acompanho sua luta com a tropinhas desde a gravidez.
Entendo sua insegurança em delegar os cuidados dos pequenos, mas te digo com toda segurança que se você puder colocá-los numa escola por meio período, vai fazer um bem absurdo pra você e pra eles. A gente fica imersa nesse mundo da maternidade e tem dficuldade d ver as cosias de fora, parece que nunca mais sairemos dele ou que só assim a vida é possível. Te garanto que não. Tenho 2 filhos, nem são gêmeos e tive muita dificuldade de deixá-los na escolinha ainda aos 4 meses, mas das 2 vezes depois de alguns dias tinha certeza de ter feito a coisa certa.
Abraço

Débora disse...

Ah, q lindos! Todos ficaram uma graça, muito bom gosto!
Meninos crescidinhos assim como os seus! rs
Bjokas

neide disse...

admiro seu trabalho c 4 bêbês ,acho q vc só confia na sua tia pq foi a única q ajudou desde o começo ,pois mesmos pessoas contratadas viram as costas qnd +precisamos,fui mt sortuda qnd os meus gêmeos eram bêbês pois a pessoa a quem eu delegasva era mnh~mãe q os ama tanto qnt eu,qse todos os dias ia um dos gêmeos pra casa delapassar pelo menos um turno q ja era aposentada e tnh secretáris em casa , em tentava colocar duas pessoas p trabalhar na mnh casa mais faziam fofoca qnd uma era boa a outra era ruim ou duas ruins ñ qro nem lembrar é taõ pequeno diante de tanta felicidade, e nesse tempo arrumei uma pessoas boa q ficou um bom tempo,as vezes mnh mãe se dizia cansada falava p eu tentar duas pessoas , arranna casa dela teve época q teve duas pessoas maos p causa do bêbê q ia p lá ,a pessoa era acostumada lá ja tnh sido bábá da mnh irmã de criação,o pai deles tb sempre ajudou muuuito,meu cansaço era mais psicológico por eu precisar de mtas pessoas ser mt dependente,mas qnd cresce a sensaçãode orgulho e felidade é mt grande,hj nem moro mais na cidade da mnh mãe e só vamos de vez em qndn ,passeamos, viajamos c eles nem secretária tnh mais damos conta de tudo,imagine vc c os seus grandes ,tomara q sua tia ñ desita,ñ gosto de bêbês em creche pega virose melhor a casinha deles escolinhas é pra depois,mas qnd é o jeito ...Na sua cidade deve ter boas escolinhas né.Parabéns pela a força ,seus filhos são lindos.

Ana disse...

Eu axo q isso é normal... eu tive q colocar a Isabela na escolinha e quase morri... agora estou menos ansiosa, mas não menos preocupada, afinal eles são q temos de mais precioso...
ahhh, a decoração ficou lindona!

disse...

olá
nossa eu imagino a sua situação;;;; também to procurando serviço... não me imagino deixando o Pedro com mais ninguém... beijos

Juliane disse...

Ai Beri.....entregamos nossas almas aos nossos filhos...
Eu sai do emprego e estou me dedicando a minha pequena em tempo integral, mas agora ela está totalmente dependente de mim...mal posso ir ao banheiro...se ela não me ve chora o tempo todo, estou meio triste, porque quando eu trabalhava não era assim, acho que só agora eu vi a dimensão da falta que fazia a ela....deve ser assim contigo com relação aos teus pequenos....longe deles tu deves sentir a mesma sensação de abandono que a minha pequena. Confia em Deus....tem muita gente de bom coração por ai disposta a ajudar!
Bjkss carinhosas (pouco comento mas vejo o blog todos os dias)

sandra disse...

mãe galinha! .... :) Eu só fico tranquila quando a minha bebé fica com a minha Mãe...

Sofia,Pedro e Joana disse...

Olá Beri, imagino que necessites de uma excelente gestão, todos os dias!Os marcadores estão o máximo!
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana

Nayana disse...

Oi Robertha... Me chamo Nayana, sou de Natal - RN e achei seu blog por acaso quando procurava blogs de mamães de gêmeos... não tenho filhos, mas quero muito ser mamãe tb! Li aqui toda sua história, e fiquei mto mto mto impressionada, como você é forte!!! Nossa, guerreira mesmo... o Pablo então, nem se fala, que criança abençoada, iluminada por Deus! O trio é muito lindo tb, bem sapecas né? pelas fotos deu pra perceber... hehehehe Enfim, estou comentando parar te parabenizar pela história, pela garra, pelo amor que vc tem pela sua família... Apesar das dificuldades, imagino que tudo tenha valido a pena... Vc tem filhos lindos, muito abençoados e especiais. Parabéns!!!
beijos!!

Morenalove disse...

Que efeites mais lindinhos !!
Ai amiga, acho que te entendo, mas super proteção as veses não faz bem lá na frente ...(bem não sou mãe né)

bjos

Sabri disse...

oie, Roberta. Minha visão é considerada subnormal, uso óculos que ajuda bastante, mas tenho q usar bengala também e só tenho esse pouquinho do olho esquerdo... Minha deficiencia foi por causa da prematuridade... Mas para mim, isso é um pequeno detalhe. As dificuldades existe, mas tem pra todo mundo... Tenho certeza que o Pablinho vai surpreender muito!

Sobre o blog ainda tenho um pouco de dificuldade de mexer, to tentando aprender, tem muitas coisas que o programa (ledor de tela) q uso não le, mas me viro...

bjus pra vc e a tropinha linda!!!

Quem está online

Barrigas!!!