sábado, 13 de junho de 2009

Querendo ser sempre melhor...

A vida de mãe as vezes é ingrata... Nunca estamos satisfeitas com nosso "desempenho" e sempre pensamos que poderíamos ter feito melhor. Lendo o último post da Márcia percebi que somos sim todas iguais. E nós mães de primeira viagem então nem se fala. Imagina ser mãe de primeira viagem de uma turminha inteira, com direito a babie especial no pacote.
Eu me sinto péssima (algumas vezes, não sempre) por saber que poderia estar fazendo melhor. Com certeza o fato de não contar com a ajuda de ninguém colabora e muito pra isso. Eu fico tão atarefada com troca de fraldas, banho, mamadeira, papinha, cuidados com a casa, louça, roupas... tem vezes que nem consigo curtir os pequenos. Isso me dói muito. Tento brincar com eles o máximo q posso, rolar no chão, cantar... mas acaba que tenho q levar um ao médico, outro a fisio, a fono...
Pior que tenho "família" e o marido tbem. Somente minha sogra já é falecida. Tenho pena dos pequenos pq nem aproveitam os avós, os tios...
Qdo reclamo de falta de ajuda é sempre pensando no bem deles e não no meu. Não quero que venham me ajudar pra eu passar a tarde dormindo pq jamais delegarei meus filhos a ninguém (amo estar com eles), mas pq sei que isso fará falta a eles. Além disso estou sempre desarrumada, descabelada, estressada. Nunca mais tive tempo pra mim (pra cuidados básicos que mulher gosta e precisa). Coitado do marido... nunca mais tivemos um momento juntos.
E o Pablo então??? Um menininho tão guerreiro que nem mereceu a visita de parentes importantes (prefiro não dar nomes).
Não entendo essas coisas gente! De qualquer forma tudo tem seu lado bom (graças a Deus) e sempre poderemos dizer: Chegamos até aqui por mérito nosso!
Espero que os meninos não se importem com toda essa ausência. Queria mesmo era ser uma mãe melhor, com mais tempo pra eles. Só isso.

35 comentários:

Rossanny disse...

Amiga, tenho certeza q vc faz o melhor q pode e sem dúvida alguma seus pequenos já percebem o amor q vcs sentem por elesm, mesmo q os momentos dedicados exclusivamente a eles sejam poucos ele sentem o qto são amados e isso é o q importa na verdade, sinto muito pela sua "família" e tento imaginar de como sua vida deve estar corrida, mas se apegue as coisas boas amiga, se apegue aos seus pequenos e ao maridão e no mais Deus te dará a recompensa merecida.

Bjinhus pra vc e pra cada um dos pequenos!!!!

*Anita* disse...

Olá Beri :)
Eu entendo o quanto deve doer o facto de certos familiares nao visitarem a turminha... Tb sou mãe e por acaso nao tenho esse problema, mas sei que ficaria magoada demais se visse que ninguem ou certas pessoas nao viessem visitar a minha pimpolha. Mas como tu dizes, tens uma tia sempre presente e olha, são poucos mas são os melhores. É triste os outros familiares mas tenta esquecer. Os importantes são os que estão presentes :) Quanto a sentires que deverias ser melhor... Posso ser sincera? Eu acho que estás a ser muito exigente contigo, linda, pois eu acho que tu és o melhor que uma mãe pode ser :)De repente sem nenhum bebe, ganhaste 4 tesouros e tens sido incansável, dedicada, presente e sempre preocupada com o bem estar deles ... Aliás mais uma vez vê-se por este post... Pode nao te sobrar tempo mas porque sao 4 bebes... Não porque tu és de menos, mas sim porque eles sao muitos ihih E porque se um bebe já exige, imagina-se 4... É lindo tu preocupares-te, mas tens que ver que tu já fazes muito... E se o tempo nao dá para dares ainda mais, é so porque o dia tem 24h... E nao se consegue dar conta de tudo mesmo :) Falo por mim, só com uma menina, nunca mais dei assim uma limpeza bem forte á minha casa... Limpo aqui, passo o pano ali e ela vai-se mantendo composta rsrsrs E só tenho uma ;) Desculpa, já escrevi um texto enorme ihih Beijos grandes á turminha e á super mamã... ;)

Lene disse...

Vc já é uma super mãe. Vou ser mãe de primeira viajem tambem, estou gravida de 7 meses, e sei que vou ter essa mesma sensação que vc.
Mais vc é o quatruplo de mãe, é super mãezona, não deixe esse sentimento "de que poderia ser melhor" te pegar, vc já faz o melhor.
E realmente nunca precise de ninguem, precise de vc, eles vão precisar de vc, mostre para eles a "familia" que vc é, não se importe com os sentimentos alheios, se importe com o que vc faz, o que seu marido faz.
Vcs são os principais.
Bjussssssssss
Forçaaaaaaaaaaaaaaaaa
E não desistaaaaaaaaaaa.

Juliana disse...

Oi mãezinha...
Durante 11 meses eu cuidei da Clara sozinha, minha família está longe. Cuidei dela ,da casa, roupa, louça...ufa...E me estresso em lembrar disso. Só há um mês é que coloquei uma pessoa pra cudiar da casa e eu poder ficar só com a Clara, até então ficaria muito caro pra nós. Vou te dizer o quanto melhorou, estou menos estressada, sei bem oq você tá dizendo e passando. Qaundo pedimos ajuda, é porque nosso limite esgotou, não com os bebês, mas com as mil tarefas e a falta de um cuidado com nós mesmas.
Dias melhores virão Flor, vocÊs são batalhadors e guerreiros, seus filhos terão muito orgulho de vocês; de VOCÊS. Parabéns por tanta luta, dia após dia!
Beijinhos
Ju e Clara

Ana Paula disse...

Oi, que bom que estão bem os pequenos...
Passo sempre aqui, acompanho seu blog e nem sempre deixo coments.. mas não podia deixar de falar agora..
Acho você uma das melhores mães que já conheci...resolver ter 4 filhos, cuidar, amar e ter uma família linda não é para qualquer um.
Admiro você como mãe, esposa, pessoa.
Que Deus continue sempre abençoando vocês mais e mais...
Beijos
Ana

Marcia Ferraz disse...

Beri querida ! Como queria estar perto de você , com certeza poderiamos nos ajudar muito! Só quem é mãe entende o que estamos passando, e especialmente no nosso caso em que não temos ninguém pra ajudar... O Gustavinho também não recebe visitas de nenhum familiar meu, me dói muito por ele e não por mim... Mas somos guerreiras amiga, se Deus nos deu essa tarefa é porque podemos assumir. E vc verá que tudo valeu a pena, é só olhar pra esses rostinhos lindos !!! Beijos !!!!!!

Carol disse...

Oi, querida, sempre venho aqui, mas nunca comentei, por vergonha, sei lá..
Quero te dizer que você é uma guerreira, asim como seu marido e seus filhotes.
Sobre a questão de ser boa mãe, não se grila muito nao, você já é, ou melhor você é uma super mãe. O carinho, a dedicação que você tem pela tropinha é a coisa mais linda. E Deus sabe o que faz. Será que nao é o melhor para as crianças? Tem coisas que a gente acha injusto, errado, mas no final Papai do Céu tem algo separado pra nós.
Parabéns! Parabéns! Parabéns! É o minimo que você merece.
Desejo a vocês muita força, muita luz e acima de tudo muita saúde pra todos.
Beijos. Fiquem com Deus.

Sofia disse...

Amiga,
Tenho a certeza que és a melhor mãe do mundo e fazes o melhor que sabes. Nunca ninguém te poderá negar essa verdade. Tal como eles, ÉS UMA VERDADEIRA GUERREIRA. Quando crescerem vão certamente saber dar valor á super mãe que têm.
Um grande beijo no coração.

Lali disse...

Nosa, Beri, qdo vc dizia que não tinha ajuda, julgava que sua mãe não era mais viva.... Que vc nao tinha família próxima disponível.... Nem consigo imaginar como seria o pós parto sem minha mãe por perto....e eu tive um de cada vez.....rs. Bom, mas é isso que vc falou, mesmo, o lado bom é poder se orgulhar de ter conseguido tudo sem ajuda! Parabéns a vcs!!!! Pense que, se vcs estão conseguiram levar tudo isso, imaginem do que mais serão capazes? Ganhar um oscar? Uma medalha olímpica? Um prêmio Nobel?...rsrsrsrs. Fala sério, vcs podem conseguir tudo o quiserem na vida, não duvidem.
muita força
Lali

Liz disse...

Oi Beri... Tava lendo e fiquei pensando no quanto vc e seu marido são guerreiros e lutadores. Não é a toa que Pablinho seja tão forte e capaz de superar tantas batalhas desde recém nascido. Teve mesmo a quem puxar.
Entendo que vcs fiquem tristes com a ausência dos familiares... É mais que normal da sua parte desejar ter ao seu redor, as pessoas queridas. Por outro lado, olha só o tamanho da família virtual que vcs arrumaram! Tanta gente aqui de longe, torcendo, rezando, tentando ajudar de alguma maneira... Sei que não é a mesma coisa e na prática não resolve o seu problema de precisar se desdobrar em 4, mas vcs têm conseguido... E essa é a prova de q vcs são mesmo super-pais!

Beijos
Liz

Ana Paula disse...

Beri, com certeza a tropinha não poderia ter uma mãe melhor!!!Vc se esforça e sempre se esforçou para q eles tenham o melhor...e os ama, o q é o mais importante de tudo!!!Bjão!!!Ana Paula da Silva

Alessandra disse...

Oi amiga, olha com um bb só já é difícil, imagina com 4. Nossa entendo bem o que vc sente. Mas o que importa é que vcs tem essa família linda e que os bbs estão bem. Bjs pra vcs, da cumadre Alê (anunes - http://anunes.e-familyblog.com/)

Vivian disse...

ola,acompanho seu blog desde que eu estava no Japao,e so descobri como postar comentarios agorinha,rssss
mas queria lhe dizer que vc e uma pessoa guerreira,acompanhei todas suas postagens sobre o parto,os bebezinhos,e torci a cada melhorara do seu grande guerreiro,nao se sinta tao pessima mae,pois vc nao é,vc é uma mulher de fibra,forte,guerreira,maravilhosa,e que esta mostrando a todas as pessoas que e possivel se virar sozinha,e que as vezes os amigos sao melhores que familia.....
adorei aprender a postar pra vc,pois agora me aguente viu
muitos bjs em todosssss

Andrea disse...

Beri, o povo é assim mesmo... só aparece na hora de festa e bolo.
Tenho um tio autista e no feriado tivemos que levá-lo ao pronto socorro por diabetes. Minha vó ligou para a filha que simplesmente sumiu . Eu e minha irmã que levantamos o dinheiro e fomos com eles. Não estou querendo assustar mas como vc já deve percebido com quem pode contar da "família" e desde já te peço do fundo do coração que não se estresse, fique magoada ou algo do gênero com essas pessoas porque simplesmente as pessoas são o que são (Menudos é da nossa época vc deve se lembrar hahahaha) e não podemos esperar mais do que elas podem dar emocionalmente. Então poupe-se desses sentimentos que nada trazem de bom e continue fazendo o melhor pelos seus pequenos, que com certeza vão saber apreciar tudo que vc e seu marido passaram por eles (isso depois da adolescência , pq sabe como essa raça é hahahahaahaha)

Márcia disse...

Ai Beri, é realmente triste essas ausencias.
Mas voces são uma família e o que interessa aos 4 lindinhos é a união da sua casa, dos pais. As visitas são meramente visitas. Entendo perfeitamente que pelo menos familiares proximos seriam bem vindos pelo menos para conhecer os pimpolhos. Mas voces são uns batalhadores, uns herois e isso não tem preço. O Pablo merecia um premio pela batalha que teve e tem. E isso se deve a quem? a voces. A gente sempre acha que deveria ter feito mais mesmo, mas somos seres imperfeitos e não merecemos nos sentenciar.
Isso de vc nao lembrar de vc tb é tão comum, eu mesmo apenas com 1 filhote me vejo as vezes como uma desmanzelada. rs
Tudo isso sera recomepnsado com 4 sorrisos, 4 lindezas correndo atras de vcs pela casa.
Grande beijinho e fica com Deus

Silvio disse...

É Beri, só nós sabemos quais os problemas que enfrentamos para criar quadrigêmeos, e creio que seja mais difícil ainda para você, pelo fato do Pablo precisar de cuidados especiais.
Quantas vezes me peguei também pensando se não poderia estar fazendo mais por eles, mas quantas vezes forcei a barra para que eles dormissem para que eu pudesse ter um pouco de tempo para mim e depois ficava chateado pensando que poderia ter aproveitado melhor esse tempo...
Somos humanos Beri, e tenho certeza que qualquer outra pessoa no seu lugar não faria melhor que você.
Quanto aos familiares e amigos desaparecidos, não guarde mágoa e tente não transparecer isso, pois só fará que eles se afastem mais.
Veja quem ainda está por perto de você e se vale a pena tentar uma reaproximação.
Infelizmente são nessas ocasiões que ficamos sabendo quem realmente está do nosso lado.
Abraços

Pattytms disse...

Beri

Sempre acompanho seu blog e sempre constatei a mae maravilhosa que vc é, vc faz tudo que pode por eles, nao esqueça que vc é um ser humano e tb tem suas limitaçoes e saiba que seus filhos sabem o quao maravilhosa vc é, nao tenha duvidas.
Qto à ajuda, amiga aprendi uma coisa nesta vida, as pessoas só dao o que teem, ninguem dá o que nao tem, seja amor, carinho, nao os culpe nao,eles é que estao perdendo, o que seus filhos precisam, eles tem de sobra, que é o amor e carinho de vc e seu esposo.
Fikem com Deus e um bj bem gostoso em cada um dos filhotes.

Bjs

Patty

Susana Pina disse...

Eu não duvido que fazes o teu melhor. Não é fácil cuidar de 4 bebes sozinha e com o Pablinho a necessitar de cuidados especiais. Vais ver que um dia eles te vão agradecer tudo o que tens feito por eles.
Um bj enorme à Grande MÃE que tens sido.
Susana

Gabi disse...

VOCÊ É O CARA!!! rs
Beri, nunca comentei no seu blog, mas as vzs passo pra dar uma olhadinha e me mandar energias positivas. Quando meu filhão, que nasceu de 29 semanas, ainda estava na UTI, ver a sua luta me deixou mais forte.
PARABÉNS, PARABÉNS, PARABÉNS!
Se me perguntarem o que é ser MÃE (não só com M, mas com as todas as letras maíusculas), vou dizer pra dar uma olhadinha no blog do Beri!!

Vina disse...

És tão guerreira como o teu Pablinho, linda, e estás a fazer um óptimo trabalho, acredita! É claro que haverá sempre aqueles momentos em que sentirás que poderias ter feito muito mais e melhor (eu só tenho a minha Larinha e tantas vezes o sinto!!), mas o importante é que amas os teus filhos incondicionalmente e eles sentem isso muito bem!! Parabéns pela família maravilhosa que construiste juntamente com o teu marido e se o resto da família não participa nem colabora convosco, perdem eles mais do que os teus bebés,porque não gozam todas as delícias que eles lhes podem dar! Beijinhos e felicidades para a turminha!

Elis disse...

Beri, querida, peço que Deus lhe dê muita força pois sei o quanto corro tendo ajuda,imagino voce que sempre é um referencial para mim, não se preocupe, pois o amor de mae supri muitas coisas. Que Deus lhes abençoe!

Bjos Elis e os quadri

Flavynha disse...

vc se sente, porque muitas vezes tb me sinto assim... parece que não damos a atenção que eles merecem... sei lá... ser mãe de múltiplos é maravilhoso, mas requer demais da gente! mas graças ao nosso Deus maravilhoso, a gente consegue!!!! Encho a boca para dizer que cuido sim dos meus gêmeos SOZINHAAAA!!!! porque ajuda... aff! quando a gente mais precisa se vê sozinha com eles ns braços!
Não se sinta mal amiga, vc é uma mãe maravilhosa!!!!
Como eu queria ter ido visitar o Pablinho e todos vcs!!! Acompanho tudo de longe, muitas vezes eu nem deixo recado, mas vc entende a correria né?
beijosssssssssssss

Paty disse...

Flor vc é uma mãe maravilhosa, atenciosa prestativa e muito presente, vc cuida destes 4 com muito carinho e amor, vc esta se cobrando muito, sei o quanto é dificil cuidar da cas marido e filhos isso porque tenho 1 só pequeno e não me sobra tempo pra nada vc com 4 então....minha nossa.... mas eles já estão com 9 meses e daqui a pouco vc ta pensando na festinha de 1 aninho e daqui a pouco eles estão correndo atras de vcs, isso é uma fase vai passar e ai vc poderá dizer que é merito seu sim, porque cuidar de 4 sendo que 1 requer muitos cuidados , vc é uma mãe mais que especial. Quanto aos parentes ei bem como é, mas uma coisa eu te digo, muito ajuda aquele que não te atrapalha porque se for pra vir te encher o saco dizendo como e quando vc fazer as coisas.....melhor que não venham


beijos

Vc é uma mãe especial e maravilhosa...lembra é só uma fase daqui a pouco eles estão correndo atras de vc tudo ta passando tão rapido....

Morenalove disse...

Ohhh amiga vc é uma super mãe !! acredita !!!!!
é normal pensar assim, mas ninguém é perfeito tbm, imagina não é fácil criar filho, imaginem 4?
Mas vc pode, todos podem é só querer, embora seja dificil, vc consegue.
E digo mais pensa que vc realizou seu sonho !!! por que mereceu !!!!
então aproveita da melhor forma !! agradece a deus e não se preocupe com o resto flor.. vc está dando seu maximo, tenho certeza !!


fica bem viu?

André de Oliveira disse...

Deve ser raro homem postar aqui.Sou marido da Cris que teve gêmeos, aqui de Porto Alegre.A vida não é fácil com 2...imagina 4.Então eu acho que vc não deve se culpar jamais. Está fazendo tudo que é possível e imaginável.Por favor, faça um favor a vc mesmo, não se culpe.Vc está sendo heróica com sua família. Eles jamais vão te culpar por não ter tempo.Simplesmente terão que se adaptar ao fato de ter uma mãe para 4 crianças (sendo uma especial).Então, frustrar-se (se é que isso já é possível para eles) faz parte do aprendizado deles também.Não tome para vc o que é para eles aprenderem.Eles com certeza um dia vão olhar para trás e agradecer a Deus e a vida por ter dado uma mãe tão especial, na medida certa que eles precisavam. Abraços. André e Cris (www.noseosgemeos.blogspot.com)

Karla disse...

Oi Roberta,

nossa...como eu queria te conhecer pessoalmente!!! poder trocar experiências com vc, poder conversar, te ajudar!!!

esses sentimentos q vc tem são normais a qq mãe q ama e q zela pelos seus filhos. e imagino como deve ser pra vc, q ao invés de um tem quatro!!! parece q esses sentimentos quadruplicam.

eu com a minha pequena tb é assim...fico com ela só de manhã, pois trabalho a tarde e a noite, aí minha mãe cuida dela. eu e o pai dela não estamos mais juntos, e ele só a ve de dois em dois finais de semana.

problemas de ausência de família??? ufa, sempre tive e tenho com a avó paterna ela, pode??? mas não to nem aí, pois sei q tem pessoas q amam minha filha muito e quem prde com a falta de convivencia é ela e não minha filhota.

continue guerreira, continue mãezona...pq vale tão a pena, né??

eu continuo sempre rezando por vcs!!!

um beijo bem grande e carinhoso no coração de vcs.

Karla e Maria Luiza.

Binha disse...

Oi Beri, Meu nome é Fábia e como vc também fui presentiada com quadrigêmeos, porém dois dos meus bebês partiram para o céu, Davi e Beatriz e comigo estão Alice e Isabela, com um ano e três meses, meu encanto.
Entendo perfeitamente o que está passando. Também sou como vc guerreira, quero sempre abraçar o mundo. Parente?! Na maioria das vezes só servem para dar palpite errado e nos cobrar do que eles gostaria que fizéssemos. Visitas?!, na maior parte só vai para ver a carinha dos nossos filhotes, se são bonitinhos e partem logo, isto quando querem pegá-los de qualquer jeito sem o mínimo de cuidado....sem contar que chegam sempre na hora errada.
A medida que seus filhos forem crescendo vá abrindo espaço para os parentes e amigos verdadeiros que querem se aproximar de vocês com a finalidade de ajudá-los, afinal seus filhos precisarão destes contatos. Sei que isto as vezes é difícil, porque gostaríamos que os pequenos estivessem numa redoma de vidro sempre ao nosso lado, mas isto não será possível.
Também vivo me cobrando, mas procuro sempre colocar no meu coração que sempre fiz o melhor desde quando engravidei dos quatro que como vc sabe foi uma dedicação sem fim enormeeee...Passo sempre por aqui para saber notícias suas, mas agora tomei coragem para escrever...Sua história, assim como a minha é linda e somos mulheres muito especiaissssss....afinal mãe de quadrigêmeos são escolhidíssimassss....Beijosssss..
Fábia, Alessandro, Alice e Isabela

Paulinhaaa disse...

Nunca ache que vc não faz tudo que pode, quem vê suas atitudes de outro ângulo que não o seu, vê que você faz tudo por seus filhos e é uma grande guerreira por dar conta dos quatro sozinha. Deus te deu esses quatro tesouros pois sabia que vc era a pessoa certa pra cuidar deles, e dar toda a atenção que eles precisam, e são quatro justamente para serem companheiros uns dos outros e não sentirem tanta falta de "família" no futuro.
Deus abenções essa linda família. Bjkssss

angie disse...

Olha amiga, é verdade estamos sempre a querer ser melhores...mas acho que SOMOS!!!!E VOÇÊS, bem parabéns!!!!É pena a tua familia não te apoiar....a verdade é que voçês precisam mesmo de descançar, lembrem-se que a tropinha é grande e muito exigente... há que ir buscar forças a algum lado!!!
Bem vou rezar para que aqueles que vos são mais próximos vos ajudem. Beijocas a cada um de vós! Ângela

**Valquíria** disse...

Oi beri!!!
Nao se cobre tanto amiga, vc e uma maezona, excelente, dedicada, com certeza seus filhos sentem isso e nao ha nada melhor no mundo do que o aconchego de colo de mae, supera qualquer falta, por isso nem esquente a cabeca com a ausencia dos parentes!
Olha logo, da para vc coloca-los em uma escolinha bem bacana e tirar pelo menos meio periodo para descansar, dar um trato no visu, afinal vc tb e mulher e necessita dessas coisas. pense com carinho nessa sugestao! nao sei ai mas aqui na minha cidade tem uma excelente escolinha gratis para as criancas!!!Da uma olhadinha sem compromisso por ai...beijao

Cegonha Kids disse...

Moda bebê e infantil, tudo importado dos EUA.
Visite nosso site.
www.cegonhakids.com.br

Obs: Com certeza você é a melhor mãe que Deus podia dar essas 4 fofuras, você está de parabéns.

Maruja disse...

Não tenho dúvidas que os teus filhotes têm a melhor mamãe do mundo! Aquela que presinde de tudo para cuidar deles com todo o amor! És uma super mamãe!!!

Lígia+Rick=Davi disse...

Oi Beri
parabéns pelo seu aniversário!! Deus te abençoe sempre... Vc é uma mãe maravilhosa, dá pra perceber o seu amor em suas palavras.
Surgiu uma curiosidade: como vcs fazem com as roupinhas? Cada um tem a sua ou usam em conjunto? Fiquei pensando que é mais fácil usar comunitariamente, mas tbm é complicado por causa da individualidade dos bbs...
Qto ao Pablo, quando vc o chama de especial, se refere a que? Acho ele tão novinho para um diagnóstico deste tipo. Afinal crianças contam com a plasticidade cerebral, de modo que é provável que ele tenha um desenvolvimento normal...
Beijos, fiquem com Deus!
Lígia Camargo

mamãe_sú_e_seus_3_anjinhos disse...

Não consigo imaginar MÃE melhor para TROPINHA..Deus te escolheu pq sabia que vc era a pessoa certa!

FIQUEM COM DEUS!

BJS.

Jana disse...

Beri! Como estou feliz por ver os 4 juntos! Agora a turminha tá com tudo!
Eu tenho 2 e de idades diferentes e me canso tb. Isso que meu mais velho já caminha e tudo... tb quero as vezes um tempo pra mim... mas ai lembro de vc e vejo que tenho tempo sim... eu é que não sei aproveitá-lo... se vc dá conta de sozinha... eu com 2 tenho que cuidar bem quietinha... heheh
E quanto aos parentes é assim mesmo... nessas horas é que vemos quem é nosso amigo e quem não é... mas tente não pensar muito nisso. Vc já mostrou que dá conta do recado... claro que uma ajuda é sempre bem vinda... mas tenha certeza que ninguém faria tão bem quanto você!

Bjokas minha amiga! E dá um bjão gostoso nessas 4 delícias!

Quem está online

Barrigas!!!