domingo, 19 de maio de 2013

Pai

Hoje pela manhã eu estava sonolenta, meio acordada meio dormindo e escutei os gritinhos do meu Pablinho. Os gritinhos estavam tão alto e tão reais... depois de alguns segundos eu ouvi o barulhinho do seu chocalhinho preferido (que guardei na caixinha de lembranças). Na mesma hora meus olhos se encheram de lágrimas e eu senti que meu pequeno estava aqui comigo. Ele sabe que eu estava precisando disso, que eu precisava dele.
Ontem foi um dia cheio de emoções. Teve a festinha do Dia das Mães lá na escolinha das crianças. Eles cantaram, mandaram um mundo de beijinhos pra mim... foi lindo. E foi inevitável pensar em como seria se meu pequeno anjo também estivesse lá.
Mas o post está intitulado Pai, por quê? Porque ontem recebi uma ligação do meu pai. Eu acho que nunca falei dele aqui, não me lembro. Eu fui criada sem ele, tanto fisicamente quanto materialmente. Eu me lembro de como foi difícil pra mim não poder contar com ele, não tê-lo comigo nos dias dos pais na escola, nas minhas conquistas, nos dias em que estive doente... Hoje, vendo a relação do meu marido com as crianças eu vejo o quanto ele perdeu. Sim, ele perdeu muito mais do que eu. A paternidade é algo tão magnífico, edificador... eu vejo isso com meu marido. As crianças são loucas por ele e ele é um pai maravilhoso. Aproveitou cada minutinho com o Pablo, amou aquele menininho com todo seu coração, cuidava dele com a maior dedicação. É lindo de ver. E esse tempo não volta jamais.
Hoje meu pai se encontra muito doente e ele mora tão longe e o tempo passou tão depressa... Eu senti tanta vontade de estar com ele (mas não tenho condições), de que as coisas tivessem sido diferentes... e ele deve estar com o coração tão apertado por saber disso também. Lamento tanto... não guardo mágoa, não tenho raiva, só lamento.
Que bom que meus filhos têm o papai bem perto, que os ama e os acompanha em tudo. Que bom. Que bom que a nossa caixinha de lembranças está repleta de amor, de presença. Que saudade...

14 comentários:

Mamãe do Otávio disse...

:(
O Pablito está sempre por perto! Converse com ele sempre, e nunca deixe de dizer o quanto sente a sua falta!
saudades

VERÔNICA disse...

Um beijo no seu coração!

Thalita disse...

Por mais difícil que seja nunca é tarde para perdoar né, eu não tenho dúvidas que seu pai perdeu muito mais que vc, e perdeu mais ainda de não ter tido contato com os netos, impensável no meu ponto de vista, ainda mais vendo meu marido e meu pai com os netos.

Imagino o quanto deva estar sendo difícil para vc, ainda mais nos dias das mães, mas tenha FORÇA, vc tem mais 3 jóias para cuidar e eles precisam muito de vc, porque o Pablinho está em um lugar muito melhor do que nós estamos, tenha certeza.
Beijos na sua tropinha.

http://www.thatamaisdois.blogspot.com.br/

giovana disse...

não tem alegria maior do que sentir a presença de um filho quando ele já não esta mais entre nós... ele tbem sente saudades de vc querida, reze por ele e converse com ele, que todos ficarão bem... um beijo enorme para vc e sua tropinha linda...

Anônimo disse...

O Pablo está a tomar contas dos 5!

Beijinhod e fiquem com Deus!

:)

Anônimo disse...

Um beijinho e um abraço mto apertadinho!!! :-)

Sandra Gonçalves

Anônimo disse...

Um beijinho e um abraço mto apertadinho!!!!

Sandra Gonçalves.

Anônimo disse...

Robertha, sinto muito pela perda de voces. Rezarei pelo Pablo e pela saude dos irmaozinhos tb. Sou enfermeira de um hospital infantil em BH e minha irma, Maiana, tambem recebeu a graça de ter quadruplos. Tambem 3 meninos e 1 menina. Nao da p ficar parado, tem sempre alguma coisa p fazer o dia todo. Desejo a sua familia muito mais alegrias e saude. Bjos

Juliana Passos Mauri Ferreira disse...

Ele sempre estará com vc. bjs

«♥»Nair«♥» disse...

Boa TARDE.como vou ser mãe de gêmeos sempre dou uma espiada em blogs de gem,eos ou mais...Hoje dediquei meu dia ao seu.Nao sei se aguentaria metade do que vc passou, seu pequeno anjinho foi um verdadeiro guerreiro, não só ele como a tropa e a familia. Vc é uma verdadeira heroina, guerreira e mãe!! Pena O pequeno Pablo ter ido pra junto de papai do céu, teve horas que pensei que tudo ia terminar bem. Mas graças a Deus vc pode ainda aproveitar momentos felizes ao lado dele e agora ele pode voar sozinho e com certeza esta em um lugar bem melhor que aqui. Sou sua fã. Mil beijos e muita força para continuar a jornada com o trio.

CrisTina disse...

Um beijinho muuuuito apertadinho para todos :)

PC disse...

Oi Beri.
Tinha alguns dias que não postava no meu blog e quando entro sempre olho os que acompanho. Quando entrei no seu e vi tudo que aconteceu...estou em prantos aqui. Acompanho esses 4 pequenos desde o início e senti como se fosse o meu. Sei que ele estava cansadinho, muitas coisas acontecendo, mas nós como mães nunca perdemos a fé pra nada.

Sei que o seu coração nunca será confortado totalmente, mas o seu anjinho realmente voou para um lugar onde está 100% saudável. Você é uma mãe maravilhosa, tem um marido que é um pai maravilhoso também e agora tem esses 3 diamantes pra seguir em frete.

Beijos enormes em vcs todos.

Paloma

Amora AzuL Sapatoterapia disse...

Sinto muito.. o tempo sera seu aliado.. Deus os abençoe.

Érika Dêgelo disse...

LINDO!

Quem está online

Barrigas!!!