sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Momento de Pânico!

Ontem passei um susto sem tamanho.
O Heitor amanheceu com febre, dei dipirona e a febre baixou. Depois, mais a tarde, voltou. Mediquei, ele ficou melhor, estava brincando e parecia tudo bem.
Fui ao banheiro e escutei a Helena gritar: Mamãe, vem ver o Heitor!
Saí correndo e quando chegue no quarto ele estava caído no chão convulsionando. Foi a cena mais apavorante que já vivi. Depois ele ficou mole, totalmene inconsciente e eu apavorada. Não sabia o que fazer e só chorava e gritava por ele.
Olhei a boquinha pra ver se tinha alguma obstrução, liguei pro pai e disse q viesse correndo e já fosse ligando pro Resgate.
Em menos de 10 minutos o papai e o Resgate chegaram e meu pequeno foi levado pro hospital desfalecido.
Eu fiquei aqui com os outros 3 em estado de choque, chorando e apavorada. Não sabia o q fazer.
Liguei pra minha mãe e ela chegou em seguida. Fui pro hospital e meu filhinho já estava acordadinho e bem.
Ficamos lá até de madrugada e depois viemos com ele pra casa. O médico disse que foi convulsão por febre, que não é algo incomum e me garantiu não ser nada neurológico. Fez exames de sangue, urina, raio X e só detectamos uma infecção leve de garganta.
Passei o dia todo olhando pra ele, perguntando se estava tudo bem...
Marquei neurologista pra ele, assim tiro todas as dúvidas e fico mais tranquila.
Hoje estou mais aliviada, mas aquele momento terrível nunca mais sairá da minha cabeça.

19 comentários:

Sílvia disse...

Olá Roberta, costumo ler o seu blog mas raramente comento. Desta vez teve de ser! O meu filho passou pelo mesmo, uma convulsão febril. Foi só uma, mas o suficiente para passar a viver com medo de cada vez que a febre vinha. Felizmente, passou. Também fizemos um exame neurológico na altura e estava tudo bem, graças a Deus. Com o Heitor também vai estra tudo bem e não se há~de repetir.
Um beijinho grande :)

Professora Suzanne disse...

Meu Deus do céu! Aqui as coisas tb andaram tensas.... mto tensas... Mas vc aí... nossa... q susto.

Sua Mãe disse...

Oi Robertha,
não é incomum mesmo, viu. de maneira nenhuma. eu mesma tive quando criança e há poucos dias também vivi momentos de apreensão com o meu filhote. e olha q ele tem lesão neurológica e já teve muita convulsão maligna por um período da vida. ainda assim, minha neuro me tranquilizou q desta vez foi febril (benigna) e q não tem nenhuma relação com o histórico convulsivo dele. ou seja, acontece nas melhores famílias e não deixa sequelas. a única coisa q temos q fazer é - já sabendo q existe essa propensão, digamos - ficar sempre de olho na temperatura pra não deixar q suba muito e quando subir muito rápido, ligar o alerta geral e já dar um banho frio, por exemplo, junto com o antitérmico. eu, nem espero chegar a 37,5 para medicar. com 37,2 já tasco um tylenol. mas vai no neuro sim, pra vc ficar mais tranquila.

adorei o blog. se quiser, visite o nosso tb. beijocas,
adriana e antonio pedro
www.queridoap.blogspot.com

thauane vitória de cristo disse...

é verdade nao e incomum riança convulsionar com febre
mas eu sei o que é isso
verdadeiramente um pânico
bjuss não se preocupe mas se preocupe sim com febres

Dalila disse...

Olá, eu sempre vejo seu blog também e não comento muito, mas queria dizer para vc ficar tranqüila, já ouvi falar disso também e acho que é comum.
Fique bem, não vai ser nada não!
Bjs e bom fim de semana!

Juliana Doerner disse...

Que susto...

Ontem passei por um susto tb, meu um dos gêmeos começou a tossir e não parava, sendo que já estava medicado, e de uma pra outra tossia e vomitava, entrei em panico era um tossindo e vomitando e o outro chorando, e eu sozinha com eles... Mas graças a Deus o sustos ai e aqui passaram..

Beijos

Juliana disse...

Querida, sempre leio seu blog, mas quase nunca comentei. Torço e admiro muito você e seus filhotes.
Olha, sei que mãe sempre fica preocupada, porque também sou mãe de uma (e estou esperando o outro). Mas, nesse caso, o médico provavelmente está certo.
Minha filha, quando tinha 1 ano e 2 meses, também teve um febrão e teve uma convulsão exatamente assim como você contou. Só que foi dentro do carro, estávamos indo ao médico. Foi o pior momento que passamo na vida! Levamos correndo ao hospital. E a médica deu dipirona na veia, baixou a febre e ela melhorou.
Depois da convulsão, ela também ficou molinha assim. Inconsciente assim. E depois ficou boazinha!!!
Levei no neurologista que fez todos os exames e me garantiu que era convulsão febril e que não causa sequelas. É feia, mas não causa nada!
Ela disse que eu tinha que controlar a febre co rigor. Corpinho quente de 37.5, já é pra dar dipirona. E se continuar subindo, tem que fazer compressa fria ou dar banho morno. Colocar num ambiente fresco e deixar com roupas leves!
E, hoje, minha filha está com 4 anos e 1 mês, e NUNCA MAIS teve convulsão!! Foi só aquela, graças a Deus!!!!
Estou rezando por vocês!!!
Bjos!
Juliana Almeida
www.blogdabebel.com.br

sandra disse...

Beri, companheira, sei bem pelo que vc passou. Como vc já deve ter lido no meu blog, também passei a mesma coisa com a Cecília. Ela já teve a convulsão febril 2 vezes. quase tive um troço se tanto susto e desespero. Nem com a Camilla fiquei tão apavorada. Nem adianta te dizer para ficar tranquila, que já sei que não dá. Quando a Cecília começa a ficar quentinha e quieta, é aquele sentimento de medo . Já fizemos todos os exames neurológicos e, graças a Deus, não deu nada, como também não vai dar com o Heitor.É só seguir o conselho do Neuro das meninas, " Seja mais rápida que a febre!" Aqui quando está em 36Cº já medicamos a Cecília. Com certeza a sua Neuro irá dizer o mesmo. Isso pode se repetir ou não, então o melhor é prevenir. O que manda não é a quantidade da febre, a Ciça convulsionou com 37,5Cº, o problema é a subida da febre. Eles são mais sencíveis, por isso convulsionam. Meu pai teve isso até 7 anos, pode? O médico também disse que é hereditário.
No mais, fica calma e vigia sem paranóia. Eu até tento ...meu marido não consegue.
Beijocas, companheira!! Beijo na turminha! Sandra

Anjinho disse...

Amiga, eu imagino o susto.
Misericordia!
Mas louvado seja Deus que ele está bem.
O Sangue de Jesus tem poder para livrar vc e sua família de todo mal, amém.
bjokas e melhoria para a trompinha.
ai amiga, eu imagino os usto, nossa!

Fernanda disse...

Ah, Beri, imagino o susto que vc levou, mas que bom que o Heitor está melhor!
Beijos e fiquem com Deus!

Jo Malcher disse...

Robertha, aqui foi a mesma coisa. Bia teve uma infecção urinária, febre e subiu rápido quando vimos, ela já estava convulsionando.
Melhoras pro Heitor e vai ao neuro pra ele te tranquilizar. Agora o comum não é repetir.
Bjks

Mamae dos Gemeos! disse...

Nossa Roberta, que susto hein? Chega chorei lendo o seu relato.... imagino o seu desespero, passei por algo parecido com meu filho, mas nao foi convulsão, ele estava dormindo, ai de repente deu um grito e parou, sai correndo pra ver o que era, ai qdo cheguei no quarto ele estava com os olhos virando e ficando todo mole, nossa entrei em desespero, e sai correndo com ele nos braços todo mole, ai minha mae ligou p ambulancia e fomos ao PS. Fizemos todos os exames, e nao detectou nada, ate hoje nao sei o que aconteceu com ele, mas graças a Deus foi só este dia e nunca mais. é terrivel passar por essas coisas...
Mas vai ficar tudo bem com seu principe, tenho certeza.... Dá um monte de beijo nesse quarteto lindo.... Fiquem com Deus!

Roberta "Mimi" disse...

Beri, que susto! Sei na pele o que você passou, é desesperador. Quando isso ocorre, deve-se colocar a criança deitada de lado (para não engasgar com saliva ou comida), de preferência numa superfície macia (para não se machucar), esperar a convulsão passar (que dura em média 5 minutos), e correr ao PS.
A Rutinha teve 2 convusões febris, com 10 meses e com 1 ano e meio.
A convulsão ocorre quando a febre sobe muito rápido.
Quando eu percebo que a Rutinha está quente, mesmo que seja com 37.1 de "febre" (isso mesmo, 37.1), eu já medico, para que se a febre subir, que seja lenta.
Que Deus esteja com vocês.
Beijoca,
Roberta, mãe dos gêmeos Rute e Miguel

Cris :-) disse...

Que horror Beri... que horror de susto.

Michelle disse...

Robertha, fiquei arrepiada só de ler seu post... que coisa terrível, meu Deus! Fico feliz que já esteja tudo bem e, como as pessoas acima falaram, não há de ser nada e - se Deus quiser - não se repetirá. Qualquer coisa que precisar, liga pra gente. Beijo grande e fiquem com Jesus.

Juliana Cristina disse...

Que baita susto hein?!
Imagino como deve ter sido desesperador, a maduh só convulsionou uma única vez, mas foi a pior experiência da minha vida...
Mas ainda bem que o Heitor está melhor...
Fiquem com Deus
Beeijos

Juliana e Maduh
www.princesamaduh.blogspot.com

MAMÃE CAROL E SEU GRANDE KAIKE disse...

oi amiga leio teu blog diariamente adoro tua história de vida mãe de 4 não deve ser facil mas tudo passa. Olha amiga ja passei diversas vezes por isso meu bebe esta hoje com 4 anos e isto só ocorre com febre e sempre da garganta tive até que fazer a cirugia das amidalas nele mas não te preoucupa vai dar tudo certo é um baita susto ficamos desesperadas com certeza mas tenha fé em deus!!!!! beijos carol de são lourenço do sul rs

Carla disse...

Oi Beri, posso imaginar seu susto. Sexta passada, a Gabi caiu de mal jeito, virou o pescoço e acabou desmaiando nos meus braços. São momentos de completo desespero e sentimento de impotência. Graças a Deus foi só o susto e a danada já me fez passar mais uma noite em claro rsrsrsr. Cheguei a conclusão que AMO quando eles fazem bagunça, choram, esperneiam, não dormem... Tudo é sinal de MUITA saúde kkkkk. Estou torcendo por vcs.
Bjs

Karina Soares disse...

Oi Robertha passei por esse susto essa semana com meu filho, realmente é uma experiência muito ruim.Eu reparei que aconteceu com vc em 2011 e até hoje ele teve alguma outra ou foi só dessa vez?
bjo pra vc
fiquem com Deus.

Quem está online

Barrigas!!!