terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

O mundo seria melhor se todos fossem "normais"...

Esses dias encontrei uma pessoa q não via fazia muito tempo... antes nem a tivesse reencontrado. Paramos pra bater um papo, jogar conversa fora e tal e vieram as perguntas normais: E os meninos? São 4 mesmo? E tem menina também? Coisas q já estou acostumadíssima a ouvir e responder. Aí vem a pergunta "fatal" (pra mim é fatal pq eu tenho vontade de morrer ou de matar): E o q é doentinho, como está? Até aí tudo bem. O q tem de gente q chama o Pablo de doentinho não tá no gibi. Pior foi o mundo de abobrinhas e atrocidades q ouvi depois.
- Tadinho... ele vai depender de vc pra sempre. Q vida q vc vai ter! Vai cortar um dobrado pra criar esse menino.
e eu tentando acreditar q ela num tava falando aquilo q eu tava ouvindo...
Daí veio mais besteira:
-Ah, eu tenho uma conhecida q tb tem uma filhinha doente. A coitada não encherga, não fala... tudo isso pq a mãe não quis abortar qdo soube q teria uma menina com problemas...
E eu só consegui dizer:
-Ein?
E ela continuou (acreditem, ela continuou!):
-Melhor ter um filho bandido q assim né... Pelo menos pro bandido tem solução.
E eu querendo sair correndo e me jogar na frente do primeiro carro q passasse!

Aí vai meu comentário pra mim mesma:
Ô meu Deus, pq vc criou um mundo com deficientes, ou melhor, com doentinhos q dependem das mães pra tudo e não as deixam viver em paz?! Meu Deus com vc é cruel! Nós mães querendo passear em Cabo Frio, querendo ver televisão até tarde, querendo tomar uma cervejinha com os amigos e somos obrigadas a cuidar desses doentinhos q não foram abortados? Nós não fomos corajosas o suficiente pra fazer isso então q paguemos carregando nossa cruz!
Não seria bem melhor se o mundo fosse feito de pessoas "normais" e se deficientes não existissem? Ou pelo menos fossem mandados pra um outro planeta bem longe onde não precisássemos conviver com eles e nem gastar nosso tempo com nossos pezares e nossas caridades para com esses seres?

O mundo é assim mesmo gente? Sério? Uma pessoa dessas qdo abre a janela só consegue ver o seu próprio quintal? Só ela tem umbigo, mais ninguém tem???
Fiquei arrasada em ouvir tanta besteira. E sei q ela me disse tudo como se fosse a coisa mais normal desse mundo. Qtos mais não pensam assim? MUITOS!
A diferença é q alguns tem a coragem de falar e outros não.
Será mesmo q a vida é só isso? Alguns tiram a sorte gde e outros tem o azar danado de ter um filho especial em casa?
Hoje lendo alguns blogs achei um texto bem legal de um livro...
"E foi assim...
Quando eu pensava que você não era
Tive que aceitar que era
E aprender a te amar mesmo assim.
Quando eu imaginava que você não podia
Você foi lá e fez.
Nos momentos difíceis, eu me desesperava
E você sorria.
Nos momentos de dor, eu sofria
E você lutava...
E vencia! É um guerreiro!
Como eu queria ser.
E a sua vida para as pessoas que não te conhecem é um martírio.
Enquanto para você, é como um circo, onde o importante é se divertir.
Nas horas de dores você luta
Nas dificuldades você ri.
Onde te julgam coitado
Você se faz vencedor.
Você! Mesmo sendo criança, me fez crescer.
Sem sentar, sequer,
Você mudou minha postura.
Sem andar,
Você me fez caminhar.
Com todas as suas dificuldades
Você me ensinou a resolver as suas e as minhas.
Mesmo antes de falar sua primeira palavra
Ensinou-me o diálogo.
Os seus defeitos visuais
Fizeram-me enxergar.
A sua imaturidade
Fez-me madura.
E com sua dependência diária
Você me fez independente.
Lutando, você me ensinou a lutar.
Vencendo adversidades, me mostrou como vencer.
Você, Grande GUERREIRO!
Fez de mim, mulher! Forte e vencedora.
Obrigada filho, pela sua existência.
Feliz da pessoa que olha para você , ao invés de olhar para a sua deficiência.
Feliz daquele que vê o seu troféu, antes de te tachar de coitado.
Você é único e grandioso.
Só sendo enviado por um ser supremo para realizar tamanha façanha:
SER FELIZ ACIMA DE QUALQUER COISA!
Eu te amo, querido,
E dou graças à Deus pela sua vida"

E o q mais posso sentir de quem ainda não entende tudo isso? PENA!
Obrigada Pablo por vc me ensinar q a vida é linda e muito maior q eu imaginava q era! Não existe bênção maior q ter um filho especial em casa.
Só nós mães de filhos assim sabemos o q é bom! Quem dera se todo mundo tivesse essa experiências. Quem dera q o mundo fosse só dos "especiais"!
Somente os especiais ficam lindos assim, com uma faixa na cabeça pra segurar um curativo.
Deu pra entender esse post? Se não deu desculpem, mas foi um bom desabafo de uma mãe insana: Apaixonada por um ser assim, tão dependente mas tão completo!

56 comentários:

Carolina Ornellas disse...

Conheci teu blog num link dentro do "Perdi meu bebê". Que bom que fez esse desabafo: melhor que mandar a pessoa que fez tantos comentários insensíveis para lugares "impróprios"...rs! Tive um bebê com agenesia renal bilateral (meu rei Arthur) que veio a óbito com 23 semanas de gestação, no dia 07/01/11. Só quem passa por isso sabe que nós, mães, queremos que nossos bebês nasçam de qualquer jeito! No meu caso, de forma ainda mais dolorosa, sabia que meu bebê teve algo que seria incompatível com a vida. Enfim... Deus sabe de todas as coisas...
Seus filhos são lindos! Parabéns! Sou professora e trabalho na prefeitura do RJ com portadores de necessidades especiais. Na escola onde trabalho temos um aluno com gastrostomia e o atendemos sem restrições e com cuidados orientados pela mãe e pelos médicos. Pena que vc não mora por aqui... Beijos!

Aline disse...

olá, passo sempre por aqui mas pouco comento. Sabe, lendo seu post é de ficar abismada como tem pessoas ignorantes nesse mundo. Eu fico doida qdo vejo, escuto coisas assim.
Doente, deficiente é a ignorância dessas pessoas, que infelizmente não cura, pq não procuram saber mais sobre o que é ter filhos especiais.
Seus filhos são lindos, vc é uma super mãe, adoro ler seu blog, adoro ver sua força diante de dificuldades e vc sempre as vence.
Bjo linda, dá uma bjoka nesses lindos aí.
Pablo é lindo de qqer jeito, de faixinha na cabeça ou não, é o garotão guerreiro, ou não, já é vencedor, conquistador!!!!
Boa semana.

gisele disse...

Olá Beri. Sempre passo por aqui, mas nunca me senti à vontade em comentar.
Felizes são aqueles que têm a oportunidade em aprender. Sou a filha mais nova de três mulheres, onde a mais velha (que agora já tem 52 anos) nasceu com 6 meses, com má formação e começou a enxergar somente aos dois anos. Quando eu nasci ela já tinha 16 anos e além de tudo ela tem comprometimento físico. Eu e a minha irmã do meio sempre convivemos muito bem com isso, acredito que tivemos o privilégio de conviver com alguém tão especial e que nos ensinou muito. Hoje sou professora do Esino Fundamental e trabalho com crianças inclusas. Me desculpe a sinceridade,mas alguém que pensa desse jeito com certeza não recebeu uma educação onde devemos e aprendemos a respeitar os diferentes e pior, não teve a oportunidade de conviver com alguém tão especial.
Te admiro muito e tenho a certeza que voc~e, assim como outras mães, foram escolhidas por Deus não "para carregar essa cruz" (como muitos pensam), mas para dar o amor, que com certeza em você há de sobra, portanto só pense que: Sou muito feliz, por aprendo a cada dia e melhor, você aprende com o seu filho que é o que realmente nos importa nesse mundo tão cruel e que ainda é cheio de pessoas mal-informadas como essa sua conhecida.
Me desculpe pelo desabafo, mas não pude permanecer em silêncio.
Parabéns por todos os seus filho, que são maravilhosos.
Beijoks e fiquem com Deus!!!!
Gisele e Nícolas!!!

Cris_telli disse...

Aposto de uma pessoa que diz essas coisas com toda certeza não é MÃE .... Meus Deus como pode existir pessoas com esse tipo de pensamento.
Lindas suas palavras e que Deus continue abençoando essa mãe maravilhosa que você é, não te conheço mais leio seu blog sempre e vejo como é lindo seu amor pelo seus filhos. Pablinho é um menino lindo, abençoado e acima de tudo GUERREIRO.

Beijos,

Cris (mamãe do Gabriel e Arthur)

Professora Suzanne disse...

Vc tem razão: tem mta gente q pensa assim. Eu canso de ouvir as opiniões das pessoas sobre meus alunos surdos: eles são mais tarados q nós, né? tadim dos mudinhos.... o q será q a mãe dee fez de errado p q ele nascesse assim?
Eu me pergunto, afinal, o q é SER NORMAL? Qm criou ese conceito equivocado de normalidade? Até onde sei quem rotulava de normal e anormal era HITLER q mandava matar quem p ele não se enquadrava na normalidade doentia q ele próprio criou.
As pessoas deveriam se preocupar mais com o q dizem, guardar mais suas besteiras p si. Poxa! Nenhuma mãe merece ouvir nada q fira o amor q sente por seu bebê. Calar a boca tb é um gesto nobre. Mas, Beri, perdoe essa pessoa pois DEFINITIVAMENTE ELA NÃO É NORMAL.
Amo meu sobrinho Pablo tanto qto amo todos os outros e aos meus filhos, inclusive a minha filhinha super especial q morreu. EU A QUERIA MTO AQUI, MESMO COM TODOS OS ''PROBLEMAS'' Q ELA TERIA.
bjs no coração, da mana, Suzanne

Roupinhas Carter´s disse...

Beri,
acompanhei toda a sua gestação através do seu blog. Conheço cada detalhe postado aqui, e continuo acompanhando a rotina da tropinha até hoje. Adoro seus posts sobre a evolução do Pablinho e sempre que você solicita oro por ele.
Enfim, você é sim uma pessoa abençoada, ter quatro tesouros assim, lindos de morrer não é pra qualquer uma, somente por uma mulher escolhida por Deus.
Sobre ser "normal" ou especial, entendo suas aflições e quero morrer tbm qdo alguém faz um comentário desses. Sempre convivi com crianças "especiais", pois minha mãe é professora de educação especial.
Especiais não é pq são "diferentes", e sim pq nos ensinam o verdadeiro valor da vida, o amor incondicional.
Tenho grande admiração pela sua dedicação incansável pelo cuidado com seus pequenos, você é uma grande mulher, pode se orgulhar disso.

Quando comecei a acompanhar o blog nem estava grávida, e hoje tenho o meu pequeno Lucas de 5 meses, que mudou a minha vida e também me ensinou o que é o amor incondicional.
Um grande beijo !
Vanessa
www.roupinhascarters.blogspot.com

Leandra Penajo disse...

Beri,o que as pessoas não entendem é o seguinte: vc é uma escolhida de DEUS,por ganhar um presentinho tão especial,e ELE vai mostrar pra essas pessoas verdadeiro caminho da salvação!!!

Hítalla Fernandes disse...

Eu matava!!

Serio mesmo, bato palmas pra vc Roberta que aguentou firme sem descer do salto. Lhe juro, eu teria partido pra ignorância, mesmo sabendo que tal pessoa não merece nem mesmo a perda do nosso tempo no barraco.

Cara que raiva, fiquei revoltada.
"Amigos assim quem precisa de inimigo hein?". Vc tem ótimos amigos e tem o mais importante de todos: DEUS. Este jamais olhará o Pablito como coitadinho e como doentinho...Pablo é um guerreiro tão pequeno, coisa q muito adulto não consegue ser, mesmo sendo esse "normal" bitolado.

Aff, estou possessa.
Sorry.

Deus continue lhe dando essa paz que existe em ti e q faz com que seu filhote seja quem eh.

Bjao pra tropinha.
Fiquem com Deus

Tatty disse...

Oi, eu sempre que posso acompanho o seu blog mas nunca comentei.
Fiquei chocada com o que vc escreveu, acho que por isto que o nosso país é tão atrasado, tão sem educação, sem amor, sem tudo por existirem pessoas assim que acham que uma criança especial é um problema.
Você tem 4 filhos lindos e Deus te deu o Pablo pq vc é guerreira e forte, não é qualquer uma que tem está força.
Até quando as pessoas vão olhar torto, vão ficar com dó, vão falar palavras maldosas contra as pessoas deficientes?
O que é ser "normal" para estas pessoas?
Um grande beijo

Mamãe do Pedro Henrique disse...

Eu tbem tenho um filho especial, o Pedro Henrique que nasceu com hidrocefalia e me emocionei lenddo seu post. Como tem pessoas prpreconceituosas neste mundo. Mas devemos ignora-las e seguir em frente. Ser mãe especial tbém é normal! beijoS no Pablinho!

Sonho Real disse...

Que lindo texto....essas pessoas não tem noção do que falam, não sabe sentir a alegria que vem de coisas tão simples. Essas pessoas que dizem isso talves nem conheça a felicidade. Eu sei o que é ter um bb com necessidades especiais, minha sobrinha tmb se alimenta por sonda e não anda e nem fala, nem por isso ela deixa de ser criança. Pelo contrário: quando ela surgiu em nossa famila, tudo mudou, ela nos ensinou a amar de uma forma que não conhecia-mos antes, e hj ela é nossa alegria, hj damos valor aquilo que nem enxergava-mos antes, coisas tão simples e que nos fazem tão felizes. Parabéns pelos seu filhos , e o Pablo é muito lindo muito fofo, confesso que tenho vontade de morder as buxexas dele.

prlinpinpin disse...

Olá, costumo acompanhar este blog e queria felicitar-te pelos 4 lindos filhotes que tens!~
Uma benção sem dúvida!
És uma Mãe com M grande e espero que a vida seja doce, e cada vez mais doce convosco.
Quanto á diferença, pois eu acho, que são as nossas diferenças, que nos tornam especiais.
Beijinhos muito docinhos nesses 4 lindões

Rosana trimãe disse...

Olá Beri.
Confesso que chorei quando li, porque não consigo imaginar alguém falando assim de um filho meu, sem poder dar uma bela voadora no esofago.
Sou sua fã.
Bejus

Rosana trimãe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcia disse...

Ai Beri! Que pessoa pobre de espirito essa... É digna de nossa pena, com toda certeza... Não merece nem um pouquinho da sua atenção. É muito pequena perto da grandeza que é a sua vida.
Beijinhos!

Lih disse...

Querida, primeiro fiquei abismada com os comentários dessa mulher, e depois fiquei muito emocionada ao terminar de ler o post.
Com certeza ela é digna de pena, mas não essa pena no sentido pejorativo da palavra, é digna de sentirmos compaixão mesmo, sei que num primeiro momento dá é raiva, revolta, é normal pois somos humanas, mas se pensarmos bem, sentimos compaixão por ela, porque, ela não sabe o que é caridade! Ela não sabe o que é se doar inteiramente pra um filho...ela não compreende esse amor maternal porque nunca sentiu.
Beijos, fiquem com Deus. Pablinho está lindo e o trio tb.

Banda Municipal de Parobé disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lívia disse...

Lindo,Lindo,este texto que postou,me arrepiei,ele diz tudo!Bjs e fiquem com Deus!

Micheli Emilly disse...

Menina... vc me emocionou com esse texto...
nem sei o q dizer...
mais já vi q ser diferente hj é complicado... seja qq detalhe... eu engordei muiito e já me olham torto... minha filha operou o coração e chamam ela de coitadinha qd veem a cicatriz... e olha para a cicatriz e me orgulho e vejo na ali a salvação... a vitória... o renascimento...
Te admiro de td q é jeito... por se desdobrar com as crianças... enfim com td... pela super mãe q és...
Hj eu dou mais valor a VIDA... e essas pessoas ("bichos") não tem nada no coração nem na cabeça...

Revoltante... q papai do céu continue te dando sabedoria... para poder lhe dar com essas pessoas!!

Adriana disse...

Sempre passo por aqui e acompanho sua luta com o pablo que realmente e um grande guerreiro de luz....Minha pergunta a esta pessoa que te disse tantas barbaridades e esta: Nossos filhos nao sao sempre especiais? Unicos?O qual amamos incondicionalmente? Sera que o amor que tens por seu filhos e diferente do que o amor que sinto pelos meus 3? Pablo e um guerreiro de luz, que com certeza veio para ensinar a todas as pessoas que ser especial e bom,e divino...Com certeza Deus te deu este previlegio de ter esta grande guerreiro do nseu lado...Parabens por cada vitoria do PABLO e por cad minuto da sua vida....Espero continuar vendo e lendo o progresso dele. Parabens mamae de 4, que Deus continue abençoando e iluminando esta linda familia. eu desde aqui do outro lado do oceano envio mil energias positivas

Leonardo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leonardo disse...

Beri, realmente o mundo seria melhor se todos fossem "normais", mas temos que conviver com pessoas diferentes de nós, pessoas que "pensam" como esta sua "conhecida" de longa data...

Queli disse...

Ai Beri, como vc é fina. Quero ser igual a vc qndo eu crescer.
Eu teria falado um monte pra essa mulherzinha. Qm ela pensa q é???
Dá pra ver q uma pessoa dessas só vê seu proprio umbigo e não vive uma vida real.
Uma mulher tão despreparada não devia sair por aí dizendo coisas desse tipo.
Pq vc não deu um chega pra lá nela?
Tô irritadissima com essa história. Tenho um primo com Sindrome de Down e qndo tentam chamar ele de tadinho eu subo nas tamancas.

Andreia disse...

Olá Beri,

A normalidade é um conceito muito cruel e qualquer diferença é logo rotulada de deficiência. Vivemos num mundo de intolerância.
Deficiente é essa mulher, que ainda não foi diagnosticada e o seu mal (interior) não tem cura...
Felizes os que podem ser pais de um guerreiro como o Pablo! Abençoados sejam!

Sandrinha disse...

Bom dia Bere!
Todos estamos neste mundo p/ aprender e ensinar.
De cada momento ruim tiramos sempre algo de bom, q nos fortalece e nos impulsiona a continuar caminhando em busca de nossa melhoria.
Alguns aprendem mais rápidos,outros vão bem devagar e tem aqueles q continuam na ignorância.
Te admiro mto por ser resignada e por toda dedicação e amor incondicional q tem não só pelo Pablinho, mais por toda tropinha.
continue firme na certeza de estar sempre fazendo o melhor p/ eles.
Deus tá acompanhando td e protegendo vcs com toda certeza.

Beijinhos!!!

Juliana disse...

Querida, entendi muitíssimo bem o seu desabafo.
As pessoas se julgam melhores que as outras só porque se dizem "normal". E o que é normal?
Normal é ser preconceituoso, malvado, ignorante, cruel e insensível como a sua amiga? Então que todos sejam "anormais". Que todos saibam respeitar as diferenças, as limitações (próprias e dos outros). Que todos tenham amor no coração e consigam enxergar a grandeza divina.
É como sempre digo pra minha filha. Deus criou todos nós. Não existe ninguém no mundo que não tenha sido obra de Deus. E Deus só faz perfeição.
Deus não faz nada feio, defeituoso, ou errado. Tudo que Deus faz é belo e grandioso.
São os olhos doentes que vêem defeito, onde Deus só fez AMOR!
Bjos!
Juliana Almeida
www.blogdabebel.com.br

Julia Usui disse...

Beri, chorei qdo li isso... o Pablo é muiiiiiittoooo especial mesmo! é um príncipe guerreiro e lindo!

Tenho meninos gêmeos e já sofri a perda de uma filha, só quem é mãe sabe o que é essa luta que nos completa.

mil bjus nesse lindão!

Michelle disse...

AMAMOS vocês!
Beijo grande aos 6.

patybiebu disse...

Lindo texto...cada dia te admiro e me espelho mais na sua forca!!!Deus a abencoe cada dia mais e mais...mtos beijos nestas preciosidades que vc tem em casa!!!

selma pereira disse...

O que dizer né...que o mundo seria realmente imensamente melhor se não tivéssemos pessoas "doentes" como esta conhecida que te falou tanta barbaridade. Um ser que vive nas trevas e não conhece o que é amor incondicional, mas o azar é dela né.

Seu post me fez muito bem, pois quando nos sentimos fracos, vemos pessoas iluminadas como você e o Pablo, daí percebemos que a vida é bela e que Deus é bom.

Bjs.
Selma

sandra disse...

Beri, sei bem o que vc sentiu com esses comentários. Também já percebi que vc é mais forte e maior que tudo isso. Continue seu caminho desse seu jeitinho. O Pablo é lindo, forte e muito maior que todas essas baboseiras. Com o amor que recebe tenhas a certeza que ele é feliz. Para nós mães, basta saber que nossos filhos estão felizes para nos sentirmos realizadas.
Alegria, força!!!
Sandra da Big família.

Vou deixar o meu blog:
www.bigfamilia-clasamar.blogspot.com

Fabyflor disse...

Doente mesmo é a mente dessa pessoa, sei que na hora é um tremendo "baque" ouvir essas atrocidades, mas vc tinha que ter falado umas verdades pra essa pessoa, ou pelo menos tê-la mandando para aquele lugar...
Não aceite isso Beri, sei que discutir não vai mudar o pensamento dessa gente mas pelo menos ela vai pensar duas vezes antes de falar tanta besteira.

Fique com Deus!!!

Sabri disse...

Oi Roberta.

É de se indignar. é inacreditável saber que em 2011 exista pessoas com esta mentalidade. Mas como você falou, ainda deve ter muita gentinha com esse tipo de pensamento. Só sei de uma coisa. Deus faz tudo certo. E se ele colocou Pablo em sua vida é porque você pode fazer o melhor pra ele e principalmente ter um grande aprendizado.

Também tenho pena dessa pessoa, pois ela ainda não aprendeu o verdadeiro amor. Um amor que supera tudo, até mesmo as deficiências.

Continue assim com essa força e garra e principalmente o carinho. Que Deus te dê força para não desanimar diante dessas pessoas com conceitos errados sobre nós que somos especiais.

Um grande abraço pra vocês.

Boa semana!

Sara CS disse...

Este post (todo o blogue, até!) é uma delícia.
O Pablo encanta-me e agradeço-te muito, Beri, por toda a partilha e tudo o que nos ensinas com o que escreves.
És, sem dúvida, abençoada!
Beijinho (de Portugual),
Sara

*CaRoL* disse...

Vc é a pessoa mais forte e sensata que "conheço", com certeza!
Não sei se teria tanta educação assim como vc teve.
Que lindo texto!
Beijos nos 4 pimpolhos e na mamãe deles.

Ana e Marco mais 4 disse...

Beri, amiga quadrimãe, postei no meu blog minha indignação... ficou um pouco confusa tb, mas quando o assunto é delicado fica difícil escrever... bjusss Ana e Marco mais 4.

gemeasss disse...

beri, sem comentarios sobre as besteiras que essa pessoa falou, mas nao posso deixar de falar como o pablinho esta lindo, um homenzinho praticamente.... cada dia mais apaixonada por ele....

beijos que Deus abençoe sua linda familia

ste.abbondanza disse...

Desculpa Beri, mas eu não consigo enxergar o Pablinho como alguém diferente, pra mim ele só é um bebê que aprende um cadim depois dos irmãos, mas de resto.. é normalissimo né? Ele mama, olha, vê, entende, faz as coisas, perfeitamente do jeito dele. Cada um tem um jeito, uma forma de aprender e cabe a nós respeita-la.

Susana Pina disse...

Sabes Beri, essa gentinha não sabe o que é o amor de mãe e não sei sequer como Deus lhe concede ainda essa graça.
Devias ter-lhe respondido, com quantas palavras mereciam a tua indignação.
Sei que és uma Grande Mulher e uma maior ainda Mãe, e que essas palavras vão passar ao lado porque o teu Pablo é a prova de que valeu a pena lutar por ele.
Um grande bj para todos vós.
Susana

Nídia disse...

Não.... o mundo não seria o mesmo sem Pablinho. Ele faz as delícias até no outro lado do Atlântico! E são todos lindos!
Mãe sofre... dos ouvidos também :D

Grilinha disse...

Muito bom esse post ! Adorei. Parabéns por ele. Uma mamã de um filho também especial. Bjs

Carla disse...

Lindo seu Post ! Cheio de verdade e de VIDA ! Obrigada por nos deixar aprender com sua força e sabedoria.
Bjs,
Carla e Quarteto

Dani disse...

Berizinha, ja q vc tao elegante em nao fazer nada com esse ser, manda pra ca q me encrrego de deixar essa mulher doente o suficiente pra engolir tudo q eola disse. PQP como pode existir uma pessoa tão ignorante assim??? Qdo eu estava gravida trio teve uma velha imunda q me perguntou se eu irira ter os tres, q aquilo era um horror, q todos seriam doentes ou provavelmente morreriam... Ah, me fartei de esporros naquela imunda... vc é uma linda mm Beri, te admiro muitooo.... Uma vez uma mulher nao deixou a filha dela chegar perto da Laura pq ela era "doentinha"...só Jesus mm... ainda bem q Deus nos escolheu para cuidar dos doentinhos mais gostosos do mundo, né??? bjuuu

Liliane Arend disse...

Doente é essa mulher!

Cynthia Barreto disse...

Como voce ainda tem coragem de se auto descrever como insana?? Você é e está certa!! O seu Pablito é uma benção de Deus, você foi escolhida para ser A MÃE deste ser especial, que te trará sempre alegrias!! Quando encontrar esta pessoa ou outra qualquer que o chame de doente ou coitado , simplesmente vire-se de costas e tomo seu rumo, não permita-se ouvir este tipo de gente.


Parabéns pelo seu filho ele é lindo e especial, Deus o fez assim!!

Eu... disse...

Beta,
Vc é incrivel!! dEUS ABENÇOE VCS SEMPREEE

Maria Clara disse...

oi! já tinha visto seu blog faz tempo mas só agora consegui uma brecha pra comentar, rsrs
aliás, cara, como vc consegue?! tenho 1 que me deixa na lona, vc com 4, é pra quem pode mesmo!! hehehhe!
meu baby tem/teve problemas também, sei bem como são os comentários tão sutis e delicados, argh! amei o texto viu, se puder passa lá no meu blog tbm :D bjs!

Silvia disse...

Sou portuguesa e sigo o teu blog há bastante tempo.Nunca comentei aqui, mas hoje foi forte demais. O post está lindo, já me fartei de chorar... O teu filho é lindo, e realmente fica muito fofo de faixa na cabeça!!! Bem haja por seres quem és, abençoada mãe!!

Nágilla disse...

Deus escolhe as mães que teram filhos especiais e múltiplos porque isso não é tarefa pra qualquer uma.Só uma guerreira como vc pode ter as duas coisas juntas!Te admiro muito e mais ainda ao Pablo que é um ser tão pequeno mas tão grande e forte.
Beijos

Sara e Martim disse...

Adorei o post que acabei de ler. Um beijinho de uma mãe que também tem um filho muito especial.

Janinha disse...

Beri, sempre passo por aqui pra saber de vcs, e torcer (e diante do momento orar tb) pelo Pablinho.
Li esse post e tb tenho esse mesmo sentimento q vc teve (depois da raiva e indignação momentânea) PENA; por uma pessoa "tão normal" ser tão deficiente de entendimento, sentimentos. Tão privada de suas faculdades emocionais que podem estar atrofiadas... infelizmente ela não tem essa compreensão e Deus é tão sábio que não pôs nas mãos dela um filho com necessidades assim, pois talvez ela não soubesse lidar com esse "fardo" (pois pra ela seria um). O Pablinho é um guerreiro e vc é a guerreira mãe, hehehe. Força!!! E muitas bênçãos pra vcs.

Kátia disse...

Beri, você é uma mulher abençoada, Deus lhe mandou o Pablo porque tinha certeza que ninguém nesse mundo seria capaz de cuidar dele tão bem quanto você.
è uma pena que existam pessoas deficientes como essa ai, deficiente de amor, de carinho, uma pessoa amarga, tenho dó dela.
Quanto a você amiga, continue firme na sua missão, o pablo é um menino lindo e me dá muita alegria ver que ele passa pelas dificuldades com muita força e muita garra.
Abraços...

Lucas de Almeida Silva disse...

oii...Fiquei chocada com as barbaridades que essa criatura disse p vc,mas sei o que vc sentiu exatamente por essa mulher que mais pode-se dizer um ser irracional,esse tipo de gente não acrescenta nada à sociedade humana deve ser banida da face da terra.Bom eu disse que te entendo é porque eu tbm tenho um anjo na minha vida,ele se chama Lucas,que nasceu com hidrocefalia e mielomeningocele, hoje ele tem 14 anos,mas qdo ele era pequenininho eu passei por mtas dificuldades com ele, a última foi exatamente à 2 anos, qdo ele fez a cirurgia de escoliose, fiquei quase 3 meses no hospital com ele,por fim o médico dele deixou eu trazer o Lucas p minha cidade sob os cuidados de um home care p terminar o tratamento da osteomielite que ele teve em decorrencia da cirurgia que não cicatrizou totalmente,passei por períodos mto difíceis ,mas superados ,hoje o Lucas tá bem e se adaptantando a sua nova postura.
Olha, eu já ouvi tanta besteira de pessoas ignorantes igual à esta que teve a infelicidade de conhecer, que hoje em dia qdo uma pessoa faz uma pergunta idiota ,eu logo corto a dela,que daí ela fique sem graça e sai fora!
Parabés pelos seu filhos lindos em especial o Pablo.
Um gde bjo!

Mamae dos Gemeos! disse...

Me emocionei.... como pode existir pessoas assim, com esses pensamentos ridiculos... eu olho para o Pablo e sabe o que eu sinto: AMOR.... fico muito feliz quando vc coloca uma fotinho dele.... vc é muito abençoada por ter este lindo presente ao seu lado.... e ele tb é muito abençoado por ter vcs ao lado dele... essa familia linda e cheia de bençãos....

INAJARA FRANZ disse...

Robertha estou chocada com o que li , tu é uma guerreira e teus filhos uns amores , que familia linda , que Deus te ilumini a ti e teus babys!!!

Sheila disse...

Oiee... tolendo seu blog desde o comecinho, antes mesmo da tropinha chegar...rsrsr
Adorei de vdd, e claro parabéns pelos lindos 4 bebês. Lindos mesmo... Agora parei nesse post para desejar essa pessoa tão INFELIZ, mt inteligência e mt amor. Pessoas como essa queremos mt linge de nossas vidas... Eu heim... pessoa infeliz....
Estou eu a começar mesmo a correr atras de engravidar, começando a fazer exames, e medo... só isso...
Bjo adorei seu blog!!! Fiquemtodos com Deus.... bjim a todos e boaPáscoa

Quem está online

Barrigas!!!