quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Atresia de duodeno, atresia de jejuno ou atresia duodenal

Oi Andreia!
Engraçado que ontem, ao deitar pra dormir, estava me lembrando de qdo descobri que o Pablo nasceria com atresia de duodeno... Só pode ser um sopro Divino mesmo pq hoje, ao abrir o blog, me deparo com seu comentário.
Assim sendo resolvi colocar esse post especial aqui pra que um dia possa ajudar outras mamães com filhinhos com essa má formação. (Aviso que será um post longo).
Qdo estava com umas 26 semanas de gestação, durante um ultrassom de rotina, descobrimos que Pablinho poderia ter atresia duodenal. ????? Que nome estranho! Esse tal de duodeno serve pra q mesmo? Acho que desde os tempos de escola nunca mais tinha ouvido falar disso. A médica tentou me tranquilizar (como fazem a maioria dos médicos) mas eu me apavorei (como fazem a maioria das mães). Nem ela sabia ao certo como me explicar pq tratá-se de uma má formação rara. Fui então pesquisar a respeito e pra meu espanto não achei praticamente nada. Li muito a respeito da atresia esofágica (q parece ser mais comum), mas sobre a duodenal só encontrei as síndromes q poderiam vir associadas. A mais comum é a síndrome de Down. Como meus exames deram todos negativos pro Down essa possibilidade era remota.
Sinceramente isso nem de longe era o q me importava!
Foi então que fui procurar um cirurgião pediatra pra saber como proceder e tbem pra conhecer a pessoa q teria q operar meu Pablo ainda pequenino.
Como minha gestação era de alto risco por ser quadrigemelar tínhamos o agravante da prematuridade q ele teria.
Hoje vejo que, de uma forma ou de outra, o Pablo tinha q ser prematuro. Taí outra obra Divina. Ele se cercou de todos os lados pra ser prematuro. Se não fosse pela quadrigemelaridade seria pela atresia (raríssima). Isso pq como complicação tive polihindramia, ou seja, o líquido aminiótico aumentou muuuito e a bolsa do Pablo cresceu o dobro do normal.
Assim, as 29 semanas, vieram ao mundo meus 4 tesouros. Pablo pesando 955g e sem nenhuma síndrome aparente.
Outra Obra Divina: O pediatra que ficou incumbido do Pablo tinha acabado de ter um filhinho com atresia esofágica! Como ele foi atencioso!! Era o chefe da uti (e vejam se Deus não estava o tempo todo presente).
No dia seguinte recebi a visita do cirurgião no quarto (outro médico enviado por Deus). Eles tinham feito um ultrassom no Pablo e realmente ele tinha atresia, mas se existia alguma outra má formação associada só saberíamos durante o ato cirúrgico.
Tudo foi programado pra que a cirurgia ocorresse no dia seguinte, mas pela manhã Pablo teve a tal hemorragia intracraniana (q não teve a ver com a atresia e sim com a prematuridade). Conclusão: Cirurgia adiada!
Ele fez transfusão, perdeu muito peso e enquanto não fosse operado só poderia se nutrir pela veia.
Com 11 dias de vida e pesando 800g Pablo foi pro centro cirúrgico fazer a cirurgia. O milagre então foi feito: O menor bebê a sobreviver a uma cirurgia de tão gde porte aqui em minha cidade!
Junto com a atresia ele tinha outra má formação associada (má rotação intestinal). Tudo foi corrigido (o médico precisou operá-lo com material de cirurgia oftalmológia de tão pequenino).
Veio então o pós cirúrgico. Ele usou uma sonda que saía pela boquinha por onde era drenado um líquido marrom esverdeado (acho q era bílis e restos da cirurgia). Somente qdo esse líquido clareasse Pablo poderia receber, aos pouquinhos, alimentação por boca (através de sonda). Os dias foram passando, o líquido clareando e enfima ele pôde tomar o primeiro ml de leite. Fez seu primeiro cocozinho, hehe.
E assim a atresia foi corrigida!
As intercorrências tantas q ele teve foram devido a hidrocefalia, e não a atresia. Hoje ele usa sonda gástrica não por conta da atresia, mas por conta da paralisia cerebral.
Se uma mãe se encontrar nessa situação (assim como a Andreia) procure um bom cirurgião antes de seu bebê nascer. Isso foi fundamental pra cura do meu bebê.
Qualquer dúvida que eu puder ajudar estou aqui.
Um abraço!

10 comentários:

Sammy disse...

Ola, sempre acopanho seu blog, atraves do bloga da madri, parabens seu filhos são mesmo lindos, e concerteza deus está sempre ao lado de vcs.....
E gostaria de saber se posso adicionar vc na minha lista de blog....
Da uma passadinha lá no meu tambem....
bjos
sonhodefamilia.blogspot.com

Márcinha disse...

É Beri tu es uma mãe maravilhosa e vitoriosa...acho vc incrivél sabia....
Sou sua maior fã.
Eu tive paralisia celebral quando
nasci..venci e Pablinho tb vai vencer cada dia um pouquinho...
Parabéns pela familia linda.

fiquem com Deus

bjs

Davi disse...

Oi Beri
muito bom o seu post e bem informativo...
Não se se vc já viu esse testemunho de uma americana que sobreviveu ao aborto feito por sua mãe bio. Ela chama a paralisia cerebral de DOM!
Olha, eu achei tão lindo este testemunho, e me lembrei dele quando vc falou da paralisia do Pablo.
Se vc puder assista!
PRIMEIRA PARTE:
http://www.youtube.com/watch?v=Hn30xBZWuow&feature=related

SEGUNDA PARTE:
http://www.youtube.com/watch?v=kX5ZIIjvYmU&feature=related

Bjos
Lígia Camargo

CAROL CHICK LIT disse...

eu nem sabia que existia isso... que bom voce explicar o que aconteceu com o pablinho para todas as mamaes e futuras mamaes....
voce é uma vencedora msm beri, a tropinha e o maridao tbm.......
bjossss

Nathalie disse...

Estou parva com a sua coragem, dedicação e com a sua naturalidade em encarar as coisas positivamente. Vcs è de facto uma mulher com um "M" muito grande. Desejo-lhe muitas felicidades a si, seu marido e filhos maravilhosos.

Mamãe Orgulhosa!!! disse...

Nossa que legal você descrever bem, assim você poderá ajudar outras mamães

E como eu rezei pelo Pablo passar bem dessa prova !

Você é uma guerreira assim como o Pablinho !
Parabéns pela tropinha que cresce a olhos vistos...

Beijos
Carol

Fabi da Juju disse...

Oi Beri,

Já faz algum tempo que acompanho seu blog...até já comentei algumas vezes, mas foram poucas!!!

Eu tinha um blog no e-family mas agora migrei para o Blogger e te inclui na minha lista de blogs no site, tudo bem para vc??Pq gostaria de continuar te acompanhando!!!



Nosso blog: http://fabijulia.blogspot.com/

Fabi

Valquíria disse...

É Beri vc é muito forte e o Pablinho muito guerreiro desde que estava inda no ventre. Parabéns à vocês!!!
beijos

Mamae dos Gemeos! disse...

Oi Beri... acompanho seu blog e tb tenho vc no meu orkut... me emociono a cada fotinho que vejo dos teus filhotes.... Vc é uma mamae abençoada! E eles tb sao muito abençoados em ter uma mamae como vc! Sabe, eu me emociono muito qdo vejo uma mae tao dedicada com os filhos. Um dos meus bebes nasceu com uma má formaçao fisica raparavel.. labios leporinos e fenda palatal, qdo vi meu filho pela primeira vez amei ele mais do que ja amava.... foi emocionante ver ele tao pequenino e precisando da minha ajuda e da minha força para viver. Hj ele ja passou por uma cirurgia e em janeiro passara por outra para fechar o céu da boca, e nossa caminhada tb é longa pelo tratamento. Dou todo amor para meu filho e tb para minha filhinha rsrs e agradeço a Deus todos os dias por meu filho ter nascido assim.... pois admiro muito uma mae como vc, que tem muita força para lutar pela felicidade de seus filhos... e nenhum problema, seja ele qual for, é capaz de destruir o amor de uma MAE VERDADEIRA por seu FILHO.... Parabens por ser essa mae abençoada!!! Desejo toda felicidade do mundo para toda sua familia! Fiquem com Deus! E beijinhos bem gostosos nesse quarteto mais que perfeito!!!!

Rosiane oliveira disse...

Oi beri sempre que posso dou uma passada aqui no seu blog.
na penultima postagem eu aprendi sobre a pasta para bebe.E agora eu mais do que aprendi eu senti em cada palavra sua escrita ali eu sentir o quanto Deus e bom. Ele te preparou em cada momento,te deu força e amor! voce e um exemplo para todas as mamães. te admiro muito e continue assim uma super mãe.

Quem está online

Barrigas!!!